Hiroshi Bogéa On line

Águas agonizantes

O Igarapé Porteira, a 10 km de Redenção, atacado por predadores em toda a sua extensão, a cada ano perde volume de água. Na imagem registrada pelo advogado Plínio Pinheiro, é latente o processo de assoreamento de suas margens, fustigadas pelo desmatamento e queimadas anuais.

Porteira é mais um igarapé que agoniza no Sul do Pará.

Post de 

3 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    23 de outubro de 2008 - 16:28 - 16:28
    Reply

    Dudu, estou fora da cidade. Tentarei, por telefone, checar a dica. Mas amanhã estarei a postos. Obrigado.

  2. Anonymous

    23 de outubro de 2008 - 14:39 - 14:39
    Reply

    Hiroshi, tu não se manisfestou sobre as denúncias do Ministério Público Federal sobre corrupção no Ibama, Porque cara?

  3. Anonymous

    23 de outubro de 2008 - 11:04 - 11:04
    Reply

    Minha Utopia.
    è importante olharmos para o pasado recente e aprendermos, agora.
    é importante lembrarmos, para não esquecermos, a causa e os causadores disso tudo.
    Derrubar a mata mais bonita do planeta, de imensa diversidade biológica e depois plantar EUCALÍPTO é insanidade.
    burrice! ignorância!
    derrubar a mata mais bonita do planeta…é… ganância!
    e depois plantar capim…
    Acrescente-se aqui outros pejorativos adequados.
    Aprendamos.
    Desenvovimento não pode ser, apenas, crscimento econômico de alguns poucos, em detrimento do que tínhamos de bonito, em detrimento das futuras gerações.Em detrimento do bem esar de todos. Da maioria.
    Os causadores têm que aprender, têm que pagar.
    O pagamento: devolver ao ambiente um pouco das características da Natureza que mataram.
    A pena: plantarem a cada mês 10 hectares de mudas nativa.
    Minha Utopia…paciência.
    Henridque CL

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *