Água, em Redenção e Xinguara, tem tarifa social de R$ 20

Publicado em 27 de novembro de 2014

A propósito do que vem acontecendo em Marabá, onde o prefeito João Salame pretende contratar, por meio de licitação, empresa de abastecimento de água para levar o líquido a todos os domicílios da cidade, há 38 anos atendida parcialmente pela Cosanpa, o blogueiro Edmar Brito, cuja página na Internet cobre todo o sul do Estado, informa que em Redenção e Xinguara a terceirização do serviço deu muito certo. Segundo ele, uma das parcelas da população mais beneficiadas são as famílias carentes, que pagam tarifa social variando entre R$ 15 e R$ 20, tal e qual tem reafirmado Salame em entrevistas, reuniões e audiências.