Aftosa. Riscos da volta.

Publicado em 3 de novembro de 2007

Sindicatos de produtores rurais estimam a existência de cem mil reses sob o controle de invasores de propriedades no Sul e Sudeste do Pará. Mercê dos altos riscos que representariam aos agentes sanitários a tentativa de alcançar expressivo numero de cabeças de gado em mãos de gente armada e altamente raivosa, a campanha de vacinação contra a febre aftosa recentemente iniciada pode deixar de fora significativo rebanho. E o que tem a ver isso com a cor do pasto nem tanto verdejante das fazendas?
Trabalho de décadas, voltado para livrar a chamada Área 1 da doença, pode ir por terra, se a aftosa ocorrer em um animal entre as cem mil cabeças sequestradas. Um desastre para a economia paraense que tem na agropecuária um de seus principais itens de divisa.
Independente da veracidade ou não do elevado número de cem mil reses, o risco existe. ilhares de bois estão realmente “sob a guarda infiel” de invasores.
No blog do Val-André tem mais informação.