Hiroshi Bogéa On line

Afinidades com o violão

Quando se afina violão, o ritual é o mesmo: diapasão na boca, a busca do som gêmeo, escutando, tentando inúmeras vezes agregar entre si o tom perfeito.

É mágico e gostoso: dedos suavemente dedilhando cordas. Uma por uma.

Pequena diferença de tonalidade, entre o diapasão e o som das cordas, é um desgosto para quem quer ouvir o som perfeito.

Afinação de cordas. Do violão e da voz.

As da voz, com exercícios repetidos.

As do violão, com a calma dos marinheiros em tempestades.

Eu sempre digo: o toque certo nas cordas do violão tem que ter suavidade, macieza e carinho. A busca da posição certa, a pressão certa, o movimento certo no tempo certo.

Assim como se faz amor.

Violão, corpo de mulher nua, no peito de quem sabe amar.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *