Afastamento de Tião Miranda

Publicado em 13 de março de 2007

Pedido de afastamento do prefeito Sebastião Miranda(PTB) se baseia no fato de que a prefeitura de Marabá repassava mensalmente R$ 5 mil ao 4º BPM, supostamente destinados a efetuar compra de gêneros alimentícios. Além desse repasse financeiro sem amparo de ato administrativo, o DMTU (Departamento Municipal de Trânsito) e a Secretaria de Meio Ambiente faziam chegar ao comando da PM 100 cestas básicas para serem distribuídas entre os policiais. Só que isso não ocorria, como constatou a investigação.
O Ministério Público levantou a soma anual dos repasses irregulares feitos pela prefeitura da ordem de R$ 60 mil. Todos os envolvidos negam peremptoriamente as acusações.