Afastado prefeito de Ourilândia do Norte

Publicado em 2 de julho de 2014

 

A juíza Leonila Maria de Melo Medeiros, em decisão divulgada nesta terça-feira (1º), afastou do cargo o prefeito de Ourilândia do Norte, Maurílio Gomes Cunha. Ele ficará fora da função por 90 dias, período em que serão investigadas as denúncias contra ele de improbidade administrativa e crime ambiental.

A decisão foi proferida após o Ministério Público do Estado e a Polícia Civil flagrarem a utilização indevida de veículos próprios e alugados da Prefeitura para fins ‘particulares’. Segundo moradores de Ourilândia, Maurílio Gomes já deixou o município e a vice-prefeita, Angela Liberato, assumiu o cargo.

Durante o período da investigação, o gestor municipal está impedido de entrar no prédio da Prefeitura, sob pena do pagamento de R$10 mil de multa se descumprir a ordem e encaminhamento até a Delegacia de Polícia, podendo responder também pelos crimes de desobediência e prevaricação.