Hiroshi Bogéa On line

Adeus ao último sertanista

 

Através do Quaradouro, tomamos conhecimento da morte de uma figura humana maravilhosa, com a qual convivemos algum tempo em Marabá: Hilmar Harry Kluck.

Hilmar foi um dos últimos sertanistas da região verdadeiramente dedicado à causa, que emprestou sua vida para tentar manter íntegros os territórios indígenas do Sul e Sudeste do Estado.

Ademir Braz tem mais detalhes.

Post de 

3 Comentários

  1. Nayara Kluck

    17 de fevereiro de 2012 - 01:36 - 1:36
    Reply

    Sou neta do Senhor Hilmar Harry Kluck, quero agradecer a vcs que fizeram parte da vida do meu avô e falar também que antes de falecer deixou uma biografia sobre os anos que trabalhou na camarâ de Parauapebas e sobre suas benfeitoria para a mesma, também foi lançado a biografia do Grande amigo do meu avô, que foi um dos primeiros índios que ele teve contato O cacique da aldeia Gavião Krokenoun, em que ele conta como conheceu meu avó com todos os detalhes. Bem temos os livros dele, sua biografia e o livro do cacique. Fico imensamente feliz por meu avô ser lembrado com tanto carinho, muito obrigada.

  2. anônimo

    17 de maio de 2011 - 07:58 - 7:58
    Reply

    HILMAR HARRY KLUCK, AMIGO, QUE SEMPRE FEZ DA CÂMARA, SUA SEGUNDA CASA, HUMILDE, SÁBIO,SEMPRE PRONTO EM AJUDAR AS PESSOAS AO SEU REDOR. NUNCA TEVE MEDO DE PASSAR OS SEUS CONHECIMENTOS, VIRÃO MUITOS COLABORADORES, MAS NENHUM IGUAL AO SEU HILMAR QUE SEMPRE FOI UM SERVIDOR DEDICADO, ESTAMOS SENTINDO MUITO A SUA FALTA. VOCÊ FOI NOSSO “PROFESSOR”, NOSSO “GURU”, ESTAMOS ÓRFÃOS, DESCANSE EM PAZ MEU AMIGO VELHO OU VELHO AMIGO. SAUDADES DOS SERVIDORES(AS) DA CÂMARA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS.

  3. Anônimo

    16 de maio de 2011 - 21:45 - 21:45
    Reply

    prezado amigo hiroshi, o senhor hilmar foi o responsável pela criação e redação da lei organica do municipio de parauapebas, trabalhamos juntos por mais de 10 anos na camara municipal de parauapebas. infelizmente o pará e o brasil perdeu um grande homem que lutador arduamente pelos direitos dos menos favorecido. que deus os tenham.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *