Hiroshi Bogéa On line

Ademir Andrade, biografado.

Do advogado Ronaldo Barata, comentário ao post Lambanças de um ex-Senador:

É necessário que fique registrado, que foi o Paulo Fonteles quem levou o Ademir Andrade para atuar no Sul do Pará. Este aproveitou-se da conhecida desorganização do Paulo e começou a solapar seus redutos eleitorais e, mais, produzindo um discurso anti-comunista, passou a combater a ação do Paulo Fonteles, tendo encontrado na figura do padre Rezende, um grande aliado, pois era do interesse da Igreja desestabilizar a força força política do PC do B junto aos sindicatos dos trabalhadores rurais de Xinguara, Rio Maria e Conceição do Araguaia.

Ninguém pode esquecer que a CPT NASCEU COM A MISSÃO DE IMPEDIR o crescimento dos comunistas no campo. Foi neste cenário que o Ademir cresceu politicamente, fazendo um discurso demagógico de aliado dos camponeses.

A derrota do Paulo Fonteles é fruto deste quadro, que merece ser aprofundado. Dou tal depoimento, pois fui observador e ator de muitos acontecimentos na zona rural do Sul do Pará.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    9 de fevereiro de 2008 - 22:03 - 22:03
    Reply

    Faço questão de registrar o quanto foi difícil decidir o rompimento do PSB com o PSDB após o episódio “Eldorado dos Carajás” a executiva estadual na época presidida pelo companheiro José Itabirici juntamente comigo conseguimos aprovar com a maioria dos membros o rompimento com os tucanos. Porém o senador Ademir Andrade, viajou no dia seguinte de Brasília (DF) a Belém (PA)com a única intenção de manter a aliança com os tucanos, nesta reunião acabou em pancadaria, e só ver os jornais da época, depois de meses mamando no IPASEP o ademir briga com o fonteles (antonio), foi a causa do distrato com o governo almir gabriel, e não o massacre dos sem terras que o velhaco ademir tanto fala…em seus discursos demagógicos.
    A) Nelson Marzullo – fundador do PSB / Pará

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *