Acidentes no Pará poderão ser registrados pela internet

A Polícia Rodoviária Federal lança, hoje,  o novo sistema de registro de Declaração de Acidente de Trânsito, a e-DAT. A ferramenta possibilitará o registro de acidentes via internet e reflete uma nova doutrina no atendimento às vítimas. Atualmente, a e-DAT está implantada em todas as regionais do Sul e Sudeste, além de Ceará e Distrito Federal. Hoje, está prevista a implantação em todas as demais regionais, incluindo o Pará.

Após o registro do acidente, a PRF avaliará a prioridade da ocorrência. O principal critério para essa avaliação é a gravidade do acidente, como os com vítimas fatais e que comprometam a segurança de pessoas. No caso de um acidente que se enquadre às regras de Declaração Eletrônica, o policial poderá comparecer ao local do acidente para auxílio e sinalização, oportunidade para que também oriente os envolvidos sobre o procedimento da declaração. A prioridade, no entanto, será prevenção de acidentes e atendimento de casos mais graves.

A e-DAT tem por objetivo o registro dos acidentes simples e de leve danos ao veículo, como de colisão traseira com danos só nos para-choques, retrovisores quebrados, arranhões e otros. Acidentes que, embora simples, demandam tempo operacional da PRF, tempo esse que poderia ser empregado em atividades de prevenção de acidentes e na garantia da segurança coletiva.