Hiroshi Bogéa On line

Abraço de afogado

A crise do setor guseiro está fazendo o milagre de reaproximar Sebastião Miranda do empresário Demétrius Ribeiro. Intermediado pelo deputado João Salame, o encontro dos dois ocorreu em Brasília, domingo.
Com luva de pelica, o prefeito de Marabá aceitou conversar com o dono da Usimar, declarando que “a luta pela garantia do emprego da população tem que estar acima de qualquer disputa política”.
O prefeito e o deputado João Salame (PPS), durante conversa com Demétrius, deixaram claro que qualquer saída para o impasse gerado pela suspensão de matéria-prima para a produção de ferro gusa passa, necessariamente, pela obrigatoriedade da Usimar assumir compromissos claros de reflorestamento.
Demétrius e Tião Miranda, conforme divulgou este blog, quase iam ao desforro físico durante reunião política em pleno auditório da secretaria municipal de Saúde. A partir desse episódio, a emissora de televisão do empresário passou a fazer campanha ostensiva contra a administração pública, declarando Miranda seu inimigo número um.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    28 de agosto de 2007 - 23:09 - 23:09
    Reply

    NÃO SOU OTIMISTA NEM QUANTO AO POLO E NEM QUANTO A POLÍTICA DA CVRD. A VALE HJE USA DE UMA POLÍTICA EM QUE TENTA CONDUZIR TUDO ATÉ MESMO DITAR OS RUMOS DA POLÍTICA NA REGIÃO. TUDO PARA ATENDER INTERESSES DELA. JÁ O PÓLO SIDERÚRGICO QUE FATURA MILHÕES NUNCA INVESTIU EM SAÚDE. A VALE NÃSO ENGANA NINGUÉM COM ESSES PROGRAMAS QUE ELA CHAMA DE INVESTIMENTO SOCIAL. JÁ O PÓLO TEM QUE FAZER ALGUMA COISA PELA CIDADE.

    UMA MARABAENSE

  2. Anonymous

    28 de agosto de 2007 - 19:27 - 19:27
    Reply

    Acho que a Vale , com o modelo de implantação que vem usando nos projetos minerais está deixando muito a desejar em relação ao Salobo. Além de beneficiar Parauapebas, essa empresa ainda quer fechar o Pólo Guseiro de Marabá em nome da proteção ao meio ambiente? se a Vale não tiver gerado na região nenhum passivo ambiental , que atire a primeira pedra. Acho que o momento pede exatamente isso: é preciso somar força e mudar a realidade da região.

  3. Anonymous

    28 de agosto de 2007 - 15:10 - 15:10
    Reply

    SE DE UM LADO O DEMTERIUS AJUDA A DESTRUIR A FLORESTA AMAZONICA, DE OUTRO, O MESMO � S� COMPRANDO IM�VEIS EM IMPERATRIZ, MARAB� E EM OUTRAS CIDADES DO PA�S. O MEIO AMBIENTE QUE SE EXPLODA

  4. Anonymous

    28 de agosto de 2007 - 14:45 - 14:45
    Reply

    Não duvido do Tião Miranda, pelo andar da carruagem decidir apoiar a candidatura de Demétrius Ribeiro a prefeito de Marabá.
    Ehehehe

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *