A morte de Maria José

Publicado em 8 de novembro de 2006

A irresponsabilidade pontificada na decisao de inaugurar o Hospital Regional Geraldo Veloso sem nenhuma condição técnica, e carencia de equipamentos supostamente adquiridos mas ainda não instalados, é a causa política atribuída à morte da senhora Maria José de Oliveira, 69 anos. Ela morreu porque o HRS nao tinha cardiologista e endocrinologista em disponibilidade, para atendimento de média comlexidade o qual necessitava a enferma.
Passados três dias da morte de Maria José, graves problemas até entao ocultos começam a pipocar, desmascarando a farsa que foi o ato de inauguraçao de um hospital que nao estava apto a atender ninguem. Simão Jatene e seus assessores usaram o evento para criar cenário positivo à candidatura entao moribunda de Almir Gabriel.