À mercê da sorte

Publicado em 28 de junho de 2007

Associação Taioba Fazenda Baguá ‘pedim’ a colaboração de todos para que nos ajude com óleo ‘dizio’ ou dinheiro

A frase na faixa estendida por manifestantes às margens da rodovia Pa-150, a 15 km de Eldorado do Carajás, resume a situação de abandono vivida pelos ocupantes da Fazenda Baguá, de propriedade da família Mutran, invadida a 4 anos. O pedágio é praticado com freqüência pelas 160 famílias pedintes, normalmente atendidas com doação de combustível e dinheiro.
Orfileno Barbosa, líder dos invasores, conta que o Incra esteve na fazenda somente quando fez a vistoria e avaliação da propriedade. De lá pra cá, não avançou em nada. “Falta fazer o cadastro dos lotes e sua homologação”, explica.
Quarenta crianças estudam em um barraco mantido pela prefeitura de Eldorado.