Hiroshi Bogéa On line

A insensibilidade da burocracia sempre maltratando os mais necessitados

A cheia do rio Tocantins, medida hoje, 22,  em Marabá, passou dos 8 metros.

Exatos  8,75 metros acima do nível normal.

Com isso, já se vislumbra em pontos distintos da cidade famílias desabrigadas, consequência de suas casa invadidas pelas águas.

O alarme soou, só não chegou à prefeitura municipal.

Segundo publicado em órgãos de imprensa da cidade, flagelados têm recebido como resposta do poder público a informação de que a prefeitura ainda não pode tomar nenhuma providência no sentido de assisti-los.

E sabe por que?

Uma lei municipal antiga que só permitiria ao poder público movimentar-se em favor dos desalojados a partir  da cota de 10 metros acima do nível normal.

Até lá, cada um por si, tal qual a Lei de Murici.

Nem cadastramento dos desabrigados estaria ainda sendo feito, conforme denunciam famílias

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *