Hiroshi Bogéa On line

A imbecilidade perfeitamente incorreta

 

 

O perfeito imbecil politicamente incorreto

Cynara Menezes – Carta Capital

 

Em 1996, três jornalistas –entre eles o filho do Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa, Álvaro –lançaram com estardalhaço o “Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano”. Com suas críticas às idéias de esquerda, o livro se tornaria uma espécie de bíblia do pensamento conservador no continente. Vivia-se o auge do deus mercado e a obra tinha como alvo o pensamento de esquerda, o protecionismo econômico e a crença no Estado como agente da justiça social. Quinze anos e duas crises econômicas mundiais depois, vemos quem de fato era o perfeito idiota.

Mas, quem diria, apesar de derrotado pela história, o Manual continua sendo não só a única referência intelectual do conservadorismo latino-americano como gerou filhos. No Brasil, é aquele sujeito que se sente no direito de ir contra as idéias mais progressistas e civilizadas possíveis em nome de uma pretensa independência de opinião que, no fundo, disfarça sua real ideologia e as lacunas em sua formação. Como de fato a obra de Álvaro e companhia marcou época, até como homenagem vamos chamá-los de “perfeitos imbecis politicamente incorretos”. Eles se dividem em três grupos:

1. o “pensador” imbecil politicamente incorreto: ataca líderes LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trânsgeneros) e defende homofóbicos sob o pretexto de salvaguardar a liberdade de expressão. Ataca a política de cotas baseado na idéia que propaga de que não existe racismo no Brasil. Além disso, ações afirmativas seriam “privilégios” que não condizem com uma sociedade em que há “oportunidades iguais para todos”. Defende as posições da Igreja Católica contra a legalização do aborto e ignora as denúncias de pedofilia entre o clero. Adora chamar socialistas de “anacrônicos” e os guerrilheiros que lutaram contra a ditadura de “terroristas”, mas apoia golpes de Estado “constitucionais”. Um torturado? “Apenas um idiota que se deixou apanhar.” Foge do debate de idéias como o diabo da cruz, optando por ridicularizar os adversários com apelidos tolos. Seu mote favorito é o combate à corrupção, mas os corruptos sempre estão do lado oposto ao seu. Prega o voto nulo para ocultar seu direitismo atávico. Em vez de se ocupar em escrever livros elogiando os próprios ídolos, prefere a fórmula dos guias que detonam os ídolos alheios –os de esquerda, claro. Sua principal característica é confundir inteligência com escrever e falar corretamente o português.

2. o comediante imbecil politicamente incorreto: sua visão de humor é a do bullying. Para ele não existe o humor físico de um Charles Chaplin ou Buster Keaton, ou o humor nonsense do Monty Python: o único humor possível é o que ri do próximo. Por “próximo”, leia-se pobres, negros, feios, gays, desdentados, gordos, deficientes mentais, tudo em nome da “liberdade de fazer rir.” Prega que não há limites para o humor, mas é uma falácia. O limite para este tipo de comediante é o bolso: só é admoestado pelos empregadores quando incomoda quem tem dinheiro e pode processá-los. Não é à toa que seus personagens sempre estão no ônibus ou no metrô, nunca num 4X4. Ri do office-boy e da doméstica, jamais do patrão. Iguala a classe política por baixo e não tem nenhum respeito pelas instituições: o Congresso? “Melhor seria atear fogo”. Diz-se defensor da democracia, mas adora repetir a “piada” de que sente saudades da ditadura. Sua principal característica é não ser engraçado.

3. o cidadão imbecil politicamente incorreto: não se sabe se é a causa ou o resultados dos dois anteriores, mas é, sem dúvida, o que dá mais tristeza entre os três. Sua visão de mundo pode ser resumida na frase “primeiro eu”. Não lhe importa a desigualdade social desde que ele esteja bem. O pobre para o cidadão imbecil é, antes de tudo, um incompetente. Portanto, que mal haveria em rir dele? Com a mulher e o negro é a mesma coisa: quem ganha menos é porque não fez por merecer. Gordos e feios, então, era melhor que nem existissem. Hahaha. Considera normal contar piadas racistas, principalmente diante de “amigos” negros, e fazer gozação com os subordinados, porque, afinal, é tudo brincadeira. É radicalmente contra o bolsa-família porque estimula uma “preguiça” que, segundo ele, todo pobre (sobretudo se for nordestino) possui correndo em seu sangue. Também é contrário a qualquer tipo de ação afirmativa: se a pessoa não conseguiu chegar lá, problema dela, não é ele que tem de “pagar o prejuízo”. Sua principal característica é não possuir ideias além das que propagam os “pensadores” e os comediantes imbecis politicamente incorretos.

Post de 

18 Comentários

  1. marcio

    8 de março de 2012 - 17:06 - 17:06
    Reply

    Esses conservadores são mandados pelos grandes empresários pra falar besteiras em blogs reacionários, o Reinaldo Azevedo dou um desconto pq sofre de depressão profunda e quase não sai de casa..não podendo trabalhar a esposa ajuda fazendo sabonetes artesanais e ele só tem o blog que a veja sustenta pra viver, já o Olavo de Carvalho é uma piada, muito engraçado..nem a direita dá bola pra ele…..

  2. Paulo Roberto da costa chagas Júnior

    28 de dezembro de 2011 - 23:08 - 23:08
    Reply

    Caro blogueiro , sua analise esta perfeita. Esses perfis cabe em um blogueiro da veja, que só fala besteira, que atende pelo nome de Reinaldo Azevedo .

  3. Observador

    25 de dezembro de 2011 - 11:02 - 11:02
    Reply

    A dona do artigo é a perfeita imbecil latina americana. Como ela tem coragem de citar que a obra que lhe serve à crítica é o manual do conservadorismo – que as esquerdas usam como denominação redutiva para a direita – na América Latina. Essa senhora já ouviu falar de Burke, Ortega Y Gasset, P. J. O’Rourke, Murray Rothbard, etc…

    É sempre assim, o esquerdista inventa um espantalho para ficar mais “refutar”. Essa senhora escreve seguindo o mesmo método do pombo enxadrista, que pousa no tabuleiro para bagunçar as peças e nele cagar e ao final sai barulhento se declarando vitorioso no jogo.

  4. Hiroshi Bogéa

    23 de dezembro de 2011 - 10:31 - 10:31
    Reply

    Você tem razão, Hum, Hum… Vou excluir o comentário da Marina Tocantins e o seu, em seguida à publicação. Abs

  5. Saudade de Marabá

    22 de dezembro de 2011 - 13:51 - 13:51
    Reply

    Polêmicas…o que falta é as pessoas entenderem que somos todos iguais…No final, vamos todos para o mesmo lugar…Não importa, brancos, negros, gordos, magros, feios, bonitos, machos, fêmeas, homossexuais…todos…
    Beijos Hiroshi!!! Feliz Natal pra todos!!!

  6. Raimundão

    22 de dezembro de 2011 - 13:39 - 13:39
    Reply

    Para o responsável pelo blog, e para todos os comentaristas e leitores.

    Um FELIZ NATAL e um Excelente ANO NOVO.

    Um Abraço a todos.

  7. Alberto Lima

    22 de dezembro de 2011 - 12:54 - 12:54
    Reply

    ANONIMO
    dezembro 21st, 2011 at 14:21

    Macho predador é o que faz femea gemer sem sentir dor(tá explicado),jogo no time do anônimo de 8:37,tamo junto !!

    Resposta:

    Jogam no mesmo time é??

    Tão juntos??..!!

    kakakakaka!!
    (brincadeira….!)

  8. Telma Christiane

    22 de dezembro de 2011 - 12:28 - 12:28
    Reply

    Oi Hiroshi, pois é, nem vamos perder tempo né? Feliz Natal pra ti e pros teus também. Beijão!

  9. Maria de Magdala

    21 de dezembro de 2011 - 23:52 - 23:52
    Reply

    Curioso como ignoraram vários aspectos do texto para concentrarem-se no fator: opção sexual.
    Ok, amo gemer sem sentir dor.
    Mas amo ainda mais homens que me fazem passar por isso sem ignorar o respeito pelo outro, independente da opção sexual do outro.
    Nós, mulheres nada imbecis, sabemos distinguir um homem de verdade de um imbecil.
    Por favor, é Natal, sejam mais inteligentes nos comentários.
    Será que as férias do Hiroshi deu um tchu tchu em todo mundo?
    Que férias longas…

  10. Anônimo

    21 de dezembro de 2011 - 16:55 - 16:55
    Reply

    Homossexualismo não é uma doença o defino em duas etapas. Na primeira etapa o que acontece é bem simples de entender: o parceiro ativo com o tempo de convivência com o passivo, também quer ser passivo. No passado, os menos privilegiados de inteligência, diziam que era um “verme” que passava de um pro outro. Hoje pode-se dizer que o tal do verme é a “convivência”. Agora na segunda etapa: hoje tem um outro grupo de homossexual, o que nasce afeminado. Culpo a alimentação atual que vem infestadas de drogas, que causam inúmeros estragos nos hormônios masculinos e femininos. Até a década de 70 era comum vermos os seios de uma garota surgir, após seus 16/17 anos. Hoje acontece o surgimento com até menos de 9 anos. No segundo caso a coisa acontece devido a alimentação moderna.

  11. Anônimo

    21 de dezembro de 2011 - 16:49 - 16:49
    Reply

    O manual quer dizer um monte de coisas, e ao mesmo tempo não diz nada. Aliás, cria “tipos” só porque não pensam igual a seus autores que devem se considerar os melhores dos melhores.

  12. anonimo

    21 de dezembro de 2011 - 15:01 - 15:01
    Reply

    Homosexualismo deve ser tratado como doença e não como coisa normal da natureza pois so sera normal o dia em que dois leões estiverem se acasalando ou duas araras de mesmo sexo estiverem dividindo o ninho.

  13. ANONIMO

    21 de dezembro de 2011 - 14:21 - 14:21
    Reply

    Macho predador é o que faz femea gemer sem sentir dor(tá explicado),jogo no time do anônimo de 8:37,tamo junto !!

  14. Alberto Lima

    21 de dezembro de 2011 - 12:36 - 12:36
    Reply

    Opção sexual nunca foi parâmetro pra bom ou mau caráter!

    Agora, ter um filho ladrão…..???!!! (pense nisso)

  15. Telma Christiane

    21 de dezembro de 2011 - 10:00 - 10:00
    Reply

    Macho predador? Até quando isso? Me dá é pena desse tipo de pensamento.

    • Hiroshi Bogéa

      21 de dezembro de 2011 - 10:20 - 10:20
      Reply

      Gente que pensa assim, Telma, deve ter aparências da xepa da feira. Nem merece atenção. Beijo e Feliz Natal pra você, Jorge Antonio e demais familiares

  16. ANONIMO

    21 de dezembro de 2011 - 08:37 - 8:37
    Reply

    Ter filho que usa calcinha das irmãs,quer usar sutiã,e namora com homem ,é bom ??? Algum pai ou mãe, quer,deliberadamente isso ? Agora ter filho macho,predador mesmo,alguém não quer ?? É o mundo camarada,quer tiver seus BÂMBIS,que curta ….!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *