A esculhambação dos números

Publicado em 19 de setembro de 2010

Do jeito que essas pesquisas estão avacalhadas, com nomes de não candidatos constando na relação dos que estão no páreo, corre o risco de na próxima termos o Cheira Éter com 5% das intenções de votos; o Espanhol empatado tecnicamente com aquele, com 3%, dentro da margem de acerto, ops, de erro; a profa. Graziela, popularmente conhecida como Arara, com 2%; Engole Cobra(epa!), mesmo aguardando o recurso ora tramitando no TSE, com 2%. E assim por diante.

 
Post é do Jorge Amorim.
 
E o restante do texto está aqui.