Hiroshi Bogéa On line

A ditadura do prefeito de Tucumã

Antonio Barbosa Soares, 74 anos, conhecido como “Cabeça Branca”, é presidente de uma associação de trabalhadores rurais e vice-presidente da Comissão Pró-Tucumã que vem lutando para afastar do cargo o prefeito do município Alan Azevedo (PR), acusado de uma série de irregularidades administrativas. Na última sexta-feira (29), Antonio trabalhava em sua banca na feira municipal quando foi coagido pela presidente do Cisju (Conselho Interativo de Segurança e Justiça), Socorro Biagi, também assessora de confiança do prefeito.
Acompanhada de uma advogada da prefeitura de nome Shirley, do delegado de policia civil, Marco Antônio Pitman; e do tenente da PM Campos, juntamente com vários soldados, a dirigente do Cisju declarou ao feirante que a partir daquele momento ele estava proibido de fazer manifestações na cidade, com ameaça de que poderia ser preso caso continuasse convocando a população a se manifestar contra o prefeito municipal. Segundo e-mail encaminhado pela Comissão Pró-Tucumã, diversas pessoas testemunharam o constrangimento da pressão policial.
“Cabeça Branca” é uma das lideranças que tem liderado o povo de Tucumã em caminhadas pelas vias públicas protestando contra o prefeito que vem realizando péssima gestão. A cidade não tem água potável, as ruas sem calçamento, saúde pública inexistente e suspeitas de desvio de recursos. A rádio comunitária Tucumã FM 104,9 e carros de som à serviço da Comissão Pró-Tucumã sofrem constantes ameaças de cassação de seus alvarás.
A Comissão Pró-Tucumã encaminhou à Câmara Municipal quatro denúncias contra Alan Azevedo. Três delas foram arquivadas e a quarta nunca foi colocada em votação devido manobras da base de sustentação do prefeito negando quorum.

Post de 

4 Comentários

  1. clerismar

    2 de setembro de 2008 - 11:48 - 11:48
    Reply

    SINCERAMENTE EU NÃO SEI O QUE É PIOR SE O CABEÇA BRANCA COM SUAS MANIFESTAÇÕES DIRIGIDAS OU A MALA DO PREFEITO SR. ALAM E SUA GANGUE DE FALSOS PROFETAS( PASTORES),MAIS AINDA ACHO QUE O PREFEITO É PIOR POÍS É FALSO , HIPÓCRITA E COVARDE , SE ESCONDE ATRÁZ DE UMA BÍBLIA E DOS POBRES DOS EVANGÉLICOS QUE NÃO O CONHECEM …
    SUA BATATA TA ASSANDO SEU ALAN…NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO…

  2. Anonymous

    10 de abril de 2008 - 12:08 - 12:08
    Reply

    Eu sou radicalmente contra a atuação do Executivo no Município, mas moro em Tucumã, e acho que antes de postar algo dessa natureza deve-se apurar os fatos, não sou político, nem tenho tais pretenções, mas sou sim, um munícipe que conhece as necessidades da localidade e o “desmanzêlo” do Prefeito Municipal, mas conheço também o Sr. “Cabeça-Branca”, e posso afirmar seguramente que se trata de um “arruaceiro”, que aproveita o descaso o qual estamos vivendo para se promover, e promover a carreira política de terceiros, é um lutador sim, mas que luta em interesse próprio, e principalmente recebendo dinheiro para fazer tais manifestações pela “Pró-Tucumã”. Sou um cidadão de bem, e como tal, não posso aceitar que uma pessoa com a índole do Sr. “Cabeça-Branca” venha agora posar de “herói coagido”.
    Por conhecer o mesmo e ter conhecimento dos crimes cometidos por ele, prefiro manter-me no anonimato.
    Alguém… Tucumã – Pa.

  3. Anonymous

    2 de julho de 2007 - 00:44 - 0:44
    Reply

    O governo deveria punir os policiais que fizeram ameaças ao cidadão da terceira idade de Tucumã. O povo não pode mais ficar assim desprotegido. Punição para todos, Ana Júlia.
    Sandoval Lemos
    Marabá

  4. Anonymous

    1 de julho de 2007 - 16:42 - 16:42
    Reply

    Hiroshi, juro não imaginava que ainda existisse esse tipo de comportamento da classe política no Pará! Censurar a manifestção livre de um povo isso é crime. Pior é que as próprias Polícias Civil e Militar deram guarida às ameaças. A governadora deveria punir os policiais que ameaácarm prender o cidadão de Tucumã.
    O seu blog é bom por isso: não esconde nada. mais uma vez, parabéns.
    Ana Lúcia – Bairro Marco
    Belém

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *