Hiroshi Bogéa On line

À disposição do crime organizado

Outro aspecto a ser questionado: os aviões planadores, também integrantes da base avançada. Segundo entendimento do promotor Militar, as aeronaves poderiam ser colocadas no estacionamento do aeroporto de Marabá, ao invés de usar a estrutura alugada a Junqueira Táxi Aéreo, empresa idônea com mais de 30 anos em atividade na região. Só que nosso zeloso promotor talvez desconheça o perigo que isso representaria à segurança dos aviões e aos próprios membros do Graer diante de ações audaciosas cada vez mais freqüente do crime organizado. Em pouco tempo, as aeronaves poderiam ser sabotados, expostos num pátio de estacionamento de aeroporto, ou levadas dali pela força impiedosa da bandidagem – como ocorreu recentemente na Pa-150 quando grupo de assaltantes de bancos dominou três policiais, levando veículo da PM e armamento pesado que se encontrava em poder dos mesmos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *