À conta gotas

Publicado em 19 de junho de 2007

Juvêncio Arruda adotou estratégia de “cola-tampa” ao usar com inteligência os números de pesquisa para a prefeitura de Belém realizada pelo insuspeito Renato Conduru. Adotando estilo de alimentar com doses homeopáticas as bocas famintas da classe política e de seus milhares de leitores, o querido Juva provou que sabe das coisas. Durante quase uma semana, diariamente ele soltava um pedaço da ‘bicha’, no Quinta.