Hiroshi Bogéa On line

A chibatada agora é do Ibama

O blog assegura que por todo o dia de amanhã, 23, o Ibama deverá entrar com uma ação na Justiça Federal amarrando num mesmo processo todas as multas e condenações impostas as siderúrgicas do Pólo Carajás. Neste momento (20h06), o poster conversa com um advogado de Brasília para checar o tipo de medida judicial preparada pelo instituto. A informação já chegou ao conhecimento de alguns executivos das usinas de Marabá que se mostram apreensivos.
O sindicato dos trabalhadores metalúrgicos está sendo mobilizado agora mesmo para participar de reuniões com o alto comando das siderúrgicas com objetivo de avaliar quais rumos o setor tomará a partir do cerco do Ibama.
De concreto mesmo, uma banca advocatícia se prepara para dar entrada num mandado de segurança para resguardar o funcionamento coletivo dos alto-fornos construídos em Marabá, Açailândia e Santa Inês, no Maranhão.
O pagamento de multas superiores a R$ 700 milhões aplicadas pelo Ibama no Pólo Carajás até o presente momento vinha sendo postergado através de recursos jurídicos. O governo federal quer passar a régua em tudo de uma só vez.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *