A Celpa na marca do penalti

Publicado em 11 de junho de 2010

A privatização da CELPA veio acompanhada da promessa de melhoria dos serviços de distribuição de energia elétrica no Pará.

Tive, no início, a impressão que os serviços melhoraram.

Agora essa percepção está quase completamente invertida.

Sou, como todos nós, consumidor compulsório da CELPA vivente em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, onde a interrupção do fornecimento de energia elétrica é, hoje em dia, pela minha percepção, bem maior do que nos tempos da velha CELPA estatal.

 
 
 
Considerações são do craque José Alencar.
 
A impressão dele é de todos os paraenses.
 
A Celpa perdeu o fôlego.
 
Post completo está aqui.