Hiroshi Bogéa On line

A Celpa na marca do penalti

A privatização da CELPA veio acompanhada da promessa de melhoria dos serviços de distribuição de energia elétrica no Pará.

Tive, no início, a impressão que os serviços melhoraram.

Agora essa percepção está quase completamente invertida.

Sou, como todos nós, consumidor compulsório da CELPA vivente em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, onde a interrupção do fornecimento de energia elétrica é, hoje em dia, pela minha percepção, bem maior do que nos tempos da velha CELPA estatal.

 
 
 
Considerações são do craque José Alencar.
 
A impressão dele é de todos os paraenses.
 
A Celpa perdeu o fôlego.
 
Post completo está aqui.

Post de 

12 Comentários

  1. CELIA

    7 de abril de 2012 - 19:57 - 19:57
    Reply

    Olá, nunca tive tantas interrupçoes de energia como ta ocorrendo ultimamente, moro no distrito de divinopolis que pertence ao municio de ruropolis. estou sem energia há 48 horas, e como aqui é interior dependemos de ligaçoes para a central de itaituba para virem concertar, em tres semanas ficamos mais de 140 horas sem energia, isso é um absurdo, e a conta cada vez mais cara, aumenta todos os meses, a situação é crítica, a empresa simplesmente parou de da assistencia a nossa regiao.

  2. ROMARIO DE SOUSA SILVA

    20 de setembro de 2011 - 16:57 - 16:57
    Reply

    na minha residencia esta sem energia a 4 dias, ligo para a central. e nada, até hoje ninguem desta empresa apareceu para resolver o problema. é uma palhaçada ter esta cuidando da nossa energia. tenho certeza que se a energia fosse a motor, nós estariamos mais contentes. a falta de profissionalismo dos seus funcionarios é enorme, quando eles aparece fazem o jeito brasileiro e volta à falta de força. mudem o slogan , em vez de ” MAIS QUE ENERGIA” coloquem assim: “MAIS QUE ENERGIA ?”

  3. Anonymous

    30 de junho de 2010 - 00:03 - 0:03
    Reply

    Olá! Sei que grande parte das pessoas que moram no Pará sofrem com má qualidade da energia fornecida, mas não é apenas energia, a telefonia é de má qualidade, saúde, segurança, etc.., mas sendo o assunto energia, acreditem, tem muita gente, que não são políticos, preocupados com essa situação, tudo vai melhorar acreditem, moro num estado onde tudo funciona bem, obrigada! Descobri isso depois de conhecer a Celpa. Mas vocês também podem ajudar, fazendo os registros de forma correta de falta de energia, denunciando irregularidades, quando necessário. Todos nós queremos da empresa que nos oferece um serviço qualidade, agilidade, segurança, a satisfação do cliente, estou torcendo para que vocês se tornem clientes felizes com a Celpa. Colocando em prática a sua missão:
    Prestar serviços de energia elétrica com responsabilidade social e ambiental, visando à satisfação dos clientes, colaboradores, fornecedores e acionistas, contribuindo para o desenvolvimento do País.

  4. Anonymous

    26 de junho de 2010 - 20:31 - 20:31
    Reply

    Olá, tb sou uma infeliz atendente do call center de Mato Grosso do sul, não é exatamente o que eu gostaria de fazer a esta altura da vida, principalmente porque atendemos desde muitas pessoas desinformadas,como aquelas que sempre pedem "um jeitinho" pra resolver o problema de falta de energia ou outros.Minha mãe disse pra eu estudar…
    Mas infelizmente nós aguentamos todo tipo de estupidez, quando na verdade apenas seguimos normas da empresa para a qual prestamos serviços, não somos nós de resolvemos ou deixamos de resolver os problemas dos clientes da Celpa, bem que eu gostaria, mas não depende de nós atendentes.
    O grande problema é que nem todos os atendentes das lojas fazem um bom trabalho e não recebem qualquer monitoria, ao contrário de nós atendentes que somos monitorados e gravados em todos os atendimentos, por isso os atendentes das lojas muitas vezes passam informações erradas aos clientes, passam pro 0800 serviços que eles mesmo deveriam fazer.
    O que acontece com a Celpa? A gente sempre pega muitas solicitações geradas de forma errada pelos atendentes de lojas e do call center do Para. Gente, prestem atenção, vamos fazer um bom atendimento para todos os clientes, pois se fôssemos nós nesse sofrimento de ser mal atendido e ficar até mesmo uma semana sem energia?
    Pelo amor de Deus!!! Quero deixar claro que faço o meu trabalho da melhor forma possível e fico indignada com serviços errados, mal atendidos ou pior, nem atendidos!!
    E consumidores, vamos ter mais conciência, parem com as fraudes, pois isso piora muito o fornecimento e consequentemente a vida de vocês e dos demais clientes.
    Não defendo a Celpa (que aliás,esta bem mal das pernas) mas só quero que saibam…atendente não é dono da Celpa e nada poderá fazer além de seguir regras e fazer um bom atendimento para que possa garantir o pão de cada dia, como todo trabalhador honesto.
    Obrigada aos que compreendem meu desabafo em nome de todos os atendentes.
    Ah e mais uma coisa, quando um de nós de Campo Grande Mato Grosso do Sul atender não desligue o telefone, ou reclame dizendo que nós, por estarmos longe não vamos resolver nada, além de ser falta de educação e desmerecer nosso trabalho, é puro engano, porque geramos a maioria de serviços da Celpa da forma mais correta, pois nossa monitoria funciona e nos penaliza quando erramos com o cliente. Ao contrário de outros atendimentos (sem desmerecer outros trabalhadores, mas se houvesse mais fiscalização aí no Pará em cima das equipes de trabalho, melhoraria mais um pouquinho pra população aí.
    Valeu..Aquele abraço!!

  5. Anonymous

    19 de junho de 2010 - 00:46 - 0:46
    Reply

    eu sou atendente do call center da celpa..desculpa, mas a culpa que a celpa é uma porcaria não é nossa, eu entendo perfeitamente o que vcs passam com a celpa..eu registro absurdos todo o dia..porem nós só passamos a solicitações para os setores responsaveis e não somos culpados sobre o fornecimento da energia..e sou de mato grasoo do SUL e nao de mato grosso..sou de campo grande e nao de cuiaba..é facil falar mal dos atendentes mas vc não entende nem de geografia..e se vc for um pouco mais esperto pode percebe que a internet é um meio mto rapido..se vc tem msn vai entender do que estou flando..então não interfere em nada sermos de outro estado..
    eu peço que vc e seus amigos dai oriente a população desprovida de informação a reclamar na aneel ou no procon..

  6. Hiroshi Bogéa

    14 de junho de 2010 - 14:49 - 14:49
    Reply

    Alencar, ética e decência é com você mesmo. Abs, mestre.

  7. Hiroshi Bogéa

    14 de junho de 2010 - 14:48 - 14:48
    Reply

    Alencar, ética e decência é com você mesmo. Abs, mestre.

  8. JOSÉ DE ALENCAR

    14 de junho de 2010 - 13:32 - 13:32
    Reply

    Meu caro Hiroshi,

    Muito obrigado pela repercussão do post que, pelo jeito, deu o que falar entre seus leitores.
    Ao comentário do Oswaldo Chaves faço uma ressalva: não rendia – e não rendo – apoio incondicional aos tucanos ou a qualquer outro partido porque sou impedido, por lei, de ter filiação partidária e, por óbvio, militância idem, situação na qual me encontro há bem mais de catorze anos, quando me desfiliei do PPS.
    Mas não perdi a cidadania e muito menos os demais direitos políticos.
    Valeu, Hiroshi.

  9. Oswaldo Chaves

    14 de junho de 2010 - 10:21 - 10:21
    Reply

    Hiroshi, é salutar ver uma pessoa como é o caso do Alencar, que rendia apoio incondicional aos Tucanos, revendo sua avaliação sobre a Celpa.

  10. Anonymous

    13 de junho de 2010 - 16:29 - 16:29
    Reply

    Caro Hiroshi, consumidores de Marabá, em bloco estão dando entrada no MP, em ação, rebatendo carta recebida da Celpa Setor Admin.-Belém, onde a mesma, acompanhada de memória de calculo descritivo, acusa consumidores de "consumo sem passagem pela medição" (relogio), relativos à alguns anos atrás até agora, cobrando valores absurdos que variam de RS 1.200 A RS 6 mil e pouco. Estranho pois, para realizar alguma fraude no equipamento citado, necessitaria de escada/equipamentos com isolantes etc…Será mera coincidencia com ano eleitoral ? Estariam arrumando forma de captar din-din para alguns candidatos ? Em 13.06.10, Marabá-PA.

  11. Anonymous

    12 de junho de 2010 - 13:43 - 13:43
    Reply

    Hiroshi…

    voce não tem idéia do que seja morar em Parauapebas: não há um único dia na semana que não tenhamos um apagão; posso lhe assegurar, não há exceções. Podemos dizer que, do mesmo modo que podemos contar com a "goroa" da tarde em Belém, podemos contar com o blecaute no fornecimento de energia em Parauapebas. Fico imaginando como poderemos buscar alternativas economicas complementares à mineração para nosso municipio sem a garantia de que teremos o fornecimento de energia assegurado!
    É hora de exigirmos o cumprimento da Lei, e cobrarmos a reestatização do serviço (e olha que eu não sou um estatista). Mas não é possivel continuarmos assim.
    Saudações,
    Leonidas Mendes Filho

  12. Anonymous

    11 de junho de 2010 - 21:37 - 21:37
    Reply

    Acho que todos nós,consumidores,concordamos com o post,o serviço é de má qualidade,realmente,muito pior que o anterior à privatização,o preço do serviço e a cobrança,extremamentes eficientes,de primeiro mundo !! Uma esculhambação.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *