5ª Conferência Municipal de Meio Ambiente encerra nesta quarta-feira

Publicado em 3 de junho de 2015

Meio Ambiente

Termina no final desta quarta-feira, 3, a 5a Conferência Municipal de Meio Ambiente, aberta ontem, 2, no auditório da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Judith Gomes Leitão”, na Marabá Pioneira, a 5ª Conferência Municipal de Meio Ambiente.

A palestra de abertura teve o tema “Meio Ambiente e Sua Influência na Qualidade de Vida”, proferida pela doutora Ana Valéria dos Reis Pinheiro, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). Em seguida aconteceu a apresentação oral dos trabalhos acadêmicos escolhidos, no dia anterior.

Depois do almoço, que aconteceu no local, foi realizada às 14 horas, a eleição das entidades que comporão o novo  Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam), integrado por  18 membros representantes de várias instituições, sendo quatro efetivos, representando a gestão municipal, que são: Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação.

Entre as instituições que representam a comunidade civil estão sindicatos e ambientalistas.

Segundo Jorge Bichara, secretário Municipal de Agricultura e presidente da Fundação Zoobotânica, é importante dizer que é o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) é quem acompanha de perto o gerenciamento do Fundo Municipal de Meio Ambiente, responsável por 0,01% da receita mensal do município, recolhida por meio de taxas, multas e doações.

“O Comam é um órgão de participação direta da sociedade civil na administração pública municipal. Atuando em caráter consultivo e deliberativo, tem competência para propor e formular políticas municipais de meio ambiente e acompanhar sua execução”, disse Bichara.

Hoje, no Laboratório de Engenharia Ambiental da Uepa, ocorre a oficina “Análise microbiológica e físico-química da água”, das 8h às 10h e das 10h às 12h, dirigida a estudantes de nível médio e superior.

À tarde, das 14h às 16h e das 16 às 18h, acontece à oficina “Desinfeção da água através da energia solar” (Sodis), no Laboratório da Escola de Ensino Médio “Geraldo Veloso”, destinada à comunidade em geral.

Meio Ambiente 2

Fotos Dinho Aires