Hiroshi Bogéa On line

Mais de 60% dos aprovados na UEPA são estudantes do ensino público

Ao seu anunciado por alguns assessores do ministro da Educação de que o governo atual comandado pelo Michel Temer estuda a possibilidade de avançar na privatização do ensino no Brasil, a rede pública de ensino mostra sua vitalidade ao ter mais de 60% de estudantes aprovados no Vestibular da Uepa.

A divulgação hoje do listão mostra essa excelente notícia, depois de analisada a origem preparatória dos classificados.

Do total de 2.323 estudantes, quase 63% dos aprovados no Processo Seletivo da Universidade do Estado do Pará, são de escolas públicas do Estado, segundo informou a assessoria de comunicação da Uepa, nesta terça-feira (31).

Os dados foram contabilizados logo após o listão divulgado na manhã de hoje pela instituição. Entre os aprovados do Prosel, quase 69% são oriundos de escolas públicas, já no Prise, 54% são provenientes da rede estadual.

De acordo com levantamento da Uepa, dos  2.199 candidatos aprovados pelo Prosel, 1.512 (68,76%) são de escolas públicas paraenses e 651 candidatos (29,60%) são de escolas particulares do Estado.

Dos demais aprovados, 25 (1,14%) referem-se à certificação do Pará  e 11 candidatos são de escolas de outros estados (0,50%).  Já em relação ao Prise, que contabiliza um total de 1.496 aprovados, 811 (54%) são alunos da rede estadual e 673 (46%) do ensino particular.

É esse público cada dia mais qualificado que os donos das faculdades privadas do país – entre eles, o próprio ministro da Educação, Mendonça Filho, quer abocanhar, ensaiando propostas de privatização para, numa dessas votações do Congresso Nacional, na calada da madrugada, acabar com o ensino público.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *