Hiroshi Bogéa On line

Filho de ex-deputado acusa radialista de incitar violência contra sua pessoa

O radialista Nonato Pereira está novamente envolvido em encrenca.

Agora, o locutor da FM Metropolitana, de Belém, é acusado de incitar a prática de violência contra  Paulo Fonteles Filho, pesquisador da “Guerrilha do Araguaia” e membro da Comissão Estadual da Verdade do Pará, filho do ex-deputado Paulo Fonteles, assassinado há 29 anos.

Fonteles Filho fez a denúncia em seu Facebook, conforme reprodução a seguir:

 

Aviso aos navegantes.

Se algo me ocorrer ou a minha família a responsabilidade deve ser imputada ao radialista Nonato Pereira, da Rauland FM, e ao programa “Comando Geral”, da Metropolitana FM que, irresponsavelmente, promovem insidiosa calúnia contra esse defensor de direitos humanos cimentando, assim, minha liquidação física.

Encaminho, também, pedido de resposta às respectivas rádios, dentro daquilo que preconiza a legislação brasileira.

Informo, ainda, que convivo com ameaças de morte há mais de dez anos e estou inserido, desde 2011, no Programa Federal de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos na qual acabo de realizar denúncia no sentido de pautar a Polícia Federal para que apure o caso e tome as providências cabíveis na perspectiva do Estado Democrático de Direito.

Covardia é uma palavra que não existe em meu vocabulário e travaremos o bom combate, em defesa da vida e dos direitos humanos, régua e compasso na construção de uma sociedade solidária.

Paulo Fonteles Filho.

 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *