PV apresenta candidata a vice de Bichara

O blog disponibilizou, desde ontem, 8,  espaço  para as assessorias de imprensa dos candidatos à prefeito divulgarem suas agendas de campanha.

Hoje cedo, aportou na caixa de entrada do emeio do blogueiro o primeiro release de campanha, assinado pela jornalista Kélia Santos  ( DRT 2647/PA ), contratada para responder pela assessoria do Partido Verde.

Abaixo, texto de Kélia:

Jorge Bichara e sua vice, Celene Lima, exibindo registro no TRE da chapa majoritária da Coligação "Certeza de um novo tempo".
Jorge Bichara e sua vice, Celene Lima, exibindo registro no TRE da chapa majoritária da Coligação “Certeza de um novo tempo”.

 

A Candidatura do Doutor Jorge Bichara a prefeito de Marabá pelo Partido Verde foi registrada nesta segunda-feira no Cartório Eleitoral. Na contramão dos outros candidatos, foi o único que fez composição com uma mulher para concorrer como vice-prefeita na chapa majoritária, cantora e compositora evangélica Celene Lima. Ela é marabaense, casada, 31 anos e filha do pastor Manoel Bernardes e da professora aposentada Elizabeth Lima.

Celene seria candidata a vereadora pelo PT do B, mas aceitou o convite para ser vice na candidatura de Jorge Bichara para prefeito de Marabá: “Eu me preparei para disputar uma vaga como vereadora, mas aprouve a Deus ser vice na caminhada desse grande homem. Nós vamos poder militar com gosto porque ele tem um nome limpo” afirmou Celene Lima.

Para o candidato a prefeito Dr. Jorge Bichara, a chegada da Celene Lima foi providencial porque a mulher precisa participar mais da política. “Essa coligação está contemplando à sociedade marabaense com uma representante das mulheres, e não é qualquer representante, é uma mulher casada, cantora gospel, mãe de família, uma mulher honesta. Ela dará muita força a nossa coligação, que a propósito é a única com uma mulher como vice. Na minha avaliação é de grande importância abrir cada vez mais espaço para a participação das mulheres na política” enfatizou o candidato.

 

Novos desdobramentos

Depois de confirmar aliança com o PV e inclusive publicar sua convenção partidária no mesmo local cedido pelo Partido Verde, na última hora e de forma no mínimo estranha, o presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) voltou atrás do acordo e anunciou pelas redes sociais a decisão de se coligar com o Democratas (DEM).

Nesta segunda-feira foram protocoladas as atas partidárias, que nessas eleições trazem as seguintes coligações: Coligação Majoritária “Certeza de um Tempo Novo” do Partido Verde, Partido Social Democrático Cristão e Partido Trabalhista Nacional (PTN), Partido Ecológico Nacional (PEN), Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) e Partido dos Trabalhadores (PT). E as devidas coligações proporcionais “Renovar para Mudar com PV, PSDC e PTN e “Aliança Por Marabá” formada por PEN, PT do B e PT. As duas vão lançar 64 candidatos a vereadores.

Convenção é marcada pelo sentimento de mudança

A convenção do PV foi realizada na última sexta-feira, dia 05 de agosto, na Escola A Fazendinha. O evento confirmou a indicação do médico, gestor e ambientalista Jorge Bichara como candidato à prefeitura de Marabá. Quem abriu os discursos foi o Presidente do Partido Verde no Pará Zé Carlos. Ele destacou que, como a maioria dos últimos prefeitos da cidade concorreu pelos próprios propósitos de poder, essa convenção significa um ato de virar a página para esse tipo de política.

Baseada na criação que teve, a filha de Jorge Bichara, a dentista Lívia Bichara afirmou que todos podem ter certeza do compromisso que o pai, se eleito for, terá com a população, principalmente no que diz respeito à saúde e à educação, “em casa os meus pais sempre insistiram para a gente estudar, meu pai é uma pessoa que valoriza a educação. Com ele nós teremos uma boa educação e saúde”.

Durante o discurso Dr. Jorge Bichara ressaltou que está preparado para gerir a cidade. “Eu tenho certeza que nós, eu e meus companheiros juntos com a sociedade, vamos vencer esta luta porque estamos preparados para apresentar à população o nosso plano de governo, que não é mirabolante, mas viável. Ao final eu quero olhar nos olhos de todos e dizer: fizemos uma boa administração”, declarou o candidato.

Muitas lideranças participaram da convenção, várias da zona rural como a de Seu Valdir da Fonseca que é do Projeto de Assentamento Cedrinho. “Apoio o doutor Jorge porque todas as vezes que a gente procurou ele, sempre serviu a gente” pontuou o agricultor.