Hiroshi Bogéa On line

Estado de saúde do agente da PF anima médicos

Com informação do portal ORM:

Igor Farias dos Santos (à esquerda) e Samuel Felipe Dias Rocha (à direita) são acusados do assalto ao policial federal Luís Márcio Alvarenga. Foto: Divulgação (Polícia Federal)
Igor Farias dos Santos (à esquerda) e Samuel Felipe Dias Rocha (à direita) são acusados do assalto ao policial federal Luís Márcio Alvarenga. Foto: Divulgação (Polícia Federal)

 

Luís Márcio Alvarenga, agente da Polícia Federal vítima de baleamento na cabeça no último dia 1º após um assalto em Belém, apresentou melhora.

Internado em estado grave, o quadro clínico do policial revelou avanço.

Os médicos diminuíram a sedação do policial, que mexeu braços e pernas de modo involuntário.

‘Os médicos não esperavam.

Ainda tem o risco, mas a cada dia que passa as chances aumentam’, disse um cunhado de Luís. A informação foi confirmada pela Polícia Federal no Pará.

Na terça-feira (7) a justiça federal manteve a prisão preventiva de Rafael de Sousa Barbosa, um dos envolvidos no baleamento de Luís Márcio. Os agentes federais prosseguem as buscas por Samuel Felipe Dias Rocha, 23 anos, e Igor Farias dos Santos, 20 anos, também envolvidos no crime (foto abaixo). Samuel é apontado como o articulador do assalto.

Rafael Barbosa confessou ter baleado o agente federal. Ele e Samuel são acusados da autoria de mais de 20 assaltos. Igor é acusado de dirigir o veículo Gol usado na fuga após o assalto. Estão presos Alexsando Delgado Ferreira, que teria dado abrigo aos criminosos após o crime, e Rafael.

Quem tiver informações que possam levar a Polícia Federal aos dois foragidos pode ligar para o Disque-Denúncia 181 ou para o plantão da PF no telefone 3214-8014. As denúncias são anônimas e o sigilo é garantido.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *