No Pará, caem índices de casos de zika e chikungunya

Publicado em 13 de maio de 2016

Informação é da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa): o Pará registrou 2.367 casos de dengue, 49 de zika e oito de febre chikungunya entre os dias 1º de janeiro e 11 de maio deste ano.

Redução de 9% na quantidade de doentes com dengue no Estado em relação ao mesmo período de 2015, que então registrava 2.593 confirmações.

Dos municípios paraenses com maior ocorrência da dengue, Belém continua a liderar o ranking, com 304 casos confirmados.

Depois aparecem r Pacajá (197), Oriximiná (166), Parauapebas (165) e Alenquer (102).

Em todo o Estado, não houve registro de mortes por dengue em 2016.

A Sespa orienta que as Secretarias Municipais de Saúde informem num período de 24 horas a ocorrência de casos graves e mortes suspeitas.