PF fecha garimpo em Óbidos

Mais um garimpo foi interditado no Estado do Pará.

A prisão de seis  pessoas, pela Polícia Federal, durante a Operação Dakji”, no município de Óbidos, pôs fim a atividade clandestina de mineração numa área que fica nop entorno da Terra Indígena Zoé.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Santarém.

A ação foi realizada em parceria com o Ministério Público Federal, Ibama, Funai e DSei.

As investigações iniciaram em 2013 com denúncias sobre a existência dos garimpos e danos ambientais causados na região.

Três equipes participaram da ação.

A primeira delas, em Itaituba, foi mobilizada para cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência de um dos indicados como dono de um garimpo. Este também é piloto de aeronave. A abordagem ocorreu por volta do meio dia.

Os policiais tentavam encontrar indícios que pudessem ajudar na constatação de que o suspeito é responsável pelo garimpo na região de Óbidos/Oriximiná.

Eles também fizeram a condução coercitiva dele para prestar esclarecimentos diante do delegado.