Semma deixa poluição sonora correr solta

Publicado em 21 de setembro de 2011

 

Autodenominado “Morador da Santa Rosa”, visitante ingressa na página Repórter Cidadão para denunciar a omissão da Secretaria de Meio Ambiente de Marabá na fiscalização das babaridades praticadas, às madrugadas, por jovens frequentadores da orla da cidade divertindo-se  com o som de seus veículos em alta potência.

Os agentes da Semma, ágeis na madrugada para prender pescadores supostamente exercendo atividade profissional ilegal, não mostram serviço quando a tranquilidade da população é quebrada pela poluição sonora de alguns carros de frequentadores da beira-rio.

Nosso leitor é quem conta no Repórter Cidadão, logo acima da logomarca do blog.