Hiroshi Bogéa On line

“Maluquinho”em cena

O prefeito de Redenção, Wagner Fontes (PTB), pejorativamente chamado pela comunidade de “Maluquinho”,  lacrou as portas da prefeitura e fixou um aviso, em papel,  com a palavra  “fechado”,  sobre o cadeado da porta principal.

Volta, irresponsavelmente, com o mesmo  estilo de doze anos atrás, quando dirigiu o município pela primeira vez, promovendo pirotecnias para todos os gostos.

O poster, pessoalmente, àquela época, foi até o município conhecer  a chamada  Prefeitura Sem Portas 24 Horas, como ele designou o gesto de arrancar, literalmente, as principais portas do prédio do Executivo, para dar provas de que para se chegar até o prefeito não havia obstáculo de nenhuma natureza física. Segundo dizia a propaganda oficial, Wagner poderia ser encontrado de dia ou de noite, em seu gabinete.

Por algum tempo, o Maluquinho foi visto despachando no gabinete altas horas da madrugada, com seus assessores caindo de sono pelos cantos da prefeitura, cansados, e sem saber por que tudo aquilo.

Na verdade, grande palhaçada!

Agora, o cara retorna e lacra a prefeitura com o discurso de que o ex-prefeito JPV (do mesmo esquadro beligerante do sucessor)  deixou o município quebrado.

O pior é que uma criatura da  espécie faz o que bem entende sem que haja pelo menos um ralho de quem pode  advertí-lo da natureza impensada do gesto.  Por que,  paralelo a palhaçada do prefeito, há uma comunidade precisando dos serviços públicos essenciais, há gente querendo pagar algum tipo de taxa municipal para dar prosseguimento a legalização de empresas e uma infinidade de outras atividades, que mesmo funcionando precariamente pode atender o contribuinte – enquanto a nova administração arruma a casa. Se é que arruma.

Sai a turma do JPC. Entra a turma do Fontes.

O povo de Redenção, os fatos mostram, parece gostar de carregar cruz ladeira acima.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    18 de fevereiro de 2009 - 22:45 - 22:45
    Reply

    Bogéa,esse rapaz não passa de um grande embusteiro.Conheço desde os tempos em q era deputado.Vive criando factóides para se auto-promover as custas das mazelas do povo e principalmente da ausencia de políticos sérios, comprometidos com o bem e a coisa pública.Pobre Redenção q se rende(perdoe o trocadilho,)a uma corja de meliantes, com um unico propósito amealhar mais $$$$ para as suas sandices e seus caprichos.

  2. Anonymous

    16 de janeiro de 2009 - 15:32 - 15:32
    Reply

    Ele não tinha sido cassado pela Justiça Eleitoral?
    Aliás ele é um grande aliado do Sefer…
    Quanto mesmo o Hospital Regional de Redenção recebe por mês do governo do estado?
    R$ 5.000.000,00 é isso, só isso?

  3. Anonymous

    16 de janeiro de 2009 - 15:14 - 15:14
    Reply

    A “Prefeita de São João pretende aceitar a proposta de implantação do lixão de Marabá em seu município. Veja que absurdo,o município está em dificuldades, mas vamos respeitar as belezas naturais de São João do Araguaia por favor né.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *