Hiroshi Bogéa On line
Post de 

9 Comentários

  1. Jose farias

    29 de outubro de 2012 - 14:13 - 14:13
    Reply

    Belem, elegeu o cara que chama de Forasteiros, as pessoas que residem em marabá, e nas regiões Sul e Sudeste do Pará. Absurdo.

  2. Lucas

    29 de outubro de 2012 - 14:07 - 14:07
    Reply

    Votos validos somam 101%. Por que?

  3. Alberto Lima

    29 de outubro de 2012 - 10:58 - 10:58
    Reply

    Até em SSA, ele deixou a desejar, e olha que o candidato era do partido!

  4. Alberto Lima

    29 de outubro de 2012 - 10:57 - 10:57
    Reply

    ANTONIO Valentim
    outubro 29th, 2012 at 8:17
    Parabéns ao novo prefeito. Que faça um governo realmente para os menos favorecidos, e não para os ricos.
    Ao PSOL e a Edmilson fica a lição: não desprezem a força do PT, partido ao qual, desde o início deveriam estar unidos.
    Quando deram por si, era já tarde e nem o apoio de Lula e Dilma poderia reverter o quadro.
    Ao PT outra lição: lancem nomes de peso. Caso contrário, o governador deita e rola.
    Pobre povo!
    XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

    Valentim,
    acho que não foi bem assim não!
    Acho que o PT esperou as tendências das pesquisas para tomar posição.
    O único município que vi o PT realmente tomar a frente com o apoio logo no início foi em SP.

    Belém, Manaus e até no Recife com o Humberto, ele “pipocou”!

    Moro no Recife, e era só o que comentavam.
    Quanto as escolhas, realmente vc tem razão, não arranjaram nome de peso!

  5. Alberto Lima

    29 de outubro de 2012 - 09:27 - 9:27
    Reply

    Não queria dizer isso, mas: “Bem feito pra Belém!”
    Enquanto a maior capital do país acorda pros desmandos do PSDB local, no Pará a população dá o aval!
    Te dizer viu??…

  6. ANTONIO Valentim

    29 de outubro de 2012 - 08:17 - 8:17
    Reply

    Parabéns ao novo prefeito. Que faça um governo realmente para os menos favorecidos, e não para os ricos.
    Ao PSOL e a Edmilson fica a lição: não desprezem a força do PT, partido ao qual, desde o início deveriam estar unidos.
    Quando deram por si, era já tarde e nem o apoio de Lula e Dilma poderia reverter o quadro.
    Ao PT outra lição: lancem nomes de peso. Caso contrário, o governador deita e rola.
    Pobre povo!

  7. Clemente

    28 de outubro de 2012 - 19:55 - 19:55
    Reply

    Uma observação curiosa: Tanto em Belém como em Marabá, os candidatos eleitos terão que liderar uma quantidade significativa de cidadãos que não votaram neles.
    Necessario ficar atento a isso, se não governarem visando conquistar os que não os apoiaram, poderão ter problemas, sérios problemas.
    Precisam fazer um bom, mas bom mesmo, trabalho, unindo, não castigando.
    Quatro anos é pouco tempo, senão trabalharem para todos, a coisa não caminhará, ficará travada.
    Estejam atentos a estes números.

  8. thiago

    28 de outubro de 2012 - 19:51 - 19:51
    Reply

    A vitória de Zenaldo Coutinho permite prever uma re-eleição do governador Simão Jatene. Dos 4 maiores eleitorais, o governador perdeu somente o 4º, bem além de que o nome petista não está bem consolidado, Ana Júlia Carepa é um nome em dúvida até porque a sua assinatura do PLIP vai ser um alvo contra a sua campanha, assim como o posicionamento do Jatene pelo ‘não’ vai ser ruim para sua guinada no sul e no oeste, mas o que é Marabá comparada a Belém!?!?

  9. bruno moraes

    28 de outubro de 2012 - 19:13 - 19:13
    Reply

    Zenaldo deveria dá parabéns ao Jader Barbalho!
    Foi ele quem acabou com o governo do aliado PT de Ana Julia e entregou de bandeja Governo do Estado, pref. Ananindeua e Belém. Além de tudo isso, acabou com o sonho do filho de ser senador.
    Esse já é ruim de alvo.Ao invés de acerto o Jatene, acertou em Ana.Ao invés de acertar o Zenaldo, acertou o Jordy.
    O quê é que está acontecendo com essa velha rapoza ! Parece menino novo.Ganancia mata senador !!
    Era melhor ter perdido um dedo, do que a mão.
    O norte também manda um recado ao PT nacional. Dêem uma olhada pelo norte, por que senão o psdb/psb e cia vão além do lado de cá !

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *