Hiroshi Bogéa On line

Wlad X Éder Mauro: qual deles envergonha mais os paraenses?

Os deputados federais Wladimir Costa (SD) e Éder Mauro (PSD) protagonizam nas redes sociais, desde o início da semana, vergonhoso bate-boca em acusações mútuas,refletindo o já consagrado desnível intelectual  que tanto caracteriza a dupla de parlamentares.

O que sai das bocas de Wlad e do policial Éder Mauro emporcalha o cenário político paraense, ninguém contesta este fato.

Como também não deve ser desconhecida a situação real de inconsequência do eleitorado paraense responsável pela eleição das duas figuras carimbadas.

O eleitor que depositou seu voto a favor dos dois deputados é certamente o mesmo cidadão que hoje faz proselitismo chamando Jair Bolsonaro de “mito”.

Coisas bizarras.

E de bizarrices nada mais se espera além do que Wlad e Éder Mauro vomitam nas redes sociais.

Pior: pelo andar da carruagem, ambos deverão retornar à Câmara Federal, depois da eleição que se avizinha, porque, como diz Caetano,  “cada paisano e cada capataz, com sua burrice, fará jorrar sangue demais nos pantanais, nas cidades, caatingas e nos gerais”.

Post de 

5 Comentários

  1. Delmar Ronildo Ritter

    2 de julho de 2018 - 10:44 - 10:44
    Reply

    Amigo, qual é a real intensão contra o Dep. Eder Mauro? Por que seria ele a escória da política? Seria pelo motivo dele se opor às tradicionais quadrilhas que se apossaram a muito tempo do poder paraense, e no qual está incluso a famigerada família Barbalho? Ou seria pelo motivo das pessoas influentes e formadoras de opinião estarem intimamente ligadas ao cartel político? Será ainda, por ele soltar o verbo contra a podridão que se enraizou no Brasil? Claro, preferimos os representantes que depois de eleitos se escondem nos gabinetes de Brasília e às surdinas articulam suas tretas com o objetivo de resguardar vantagens para seus mancomunados. Agora, se realmente tiver fatos que realmente manche a vida política do acima citado, e que não seja unicamente pelo infame fator político ideológico, que torne público para que todos tenham conhecimento:::::::::::Obrigado.

  2. Carmelita

    29 de junho de 2018 - 22:50 - 22:50
    Reply

    Por mim já estao expurgados.

  3. Breno Rodrigues

    29 de junho de 2018 - 19:55 - 19:55
    Reply

    A verdade é que estes dois cidadãos se aproveitaram de momentos oportunos muito em detrimento de suas imagens enquanto figura pública. Wlad com esse jeito “acaboclado” com aquele discurso de que vinha do povo que se identificava com o povo sentia as dores das mazelas conquistou a simpatia dos paraenses galgou postos nos mais altos escalões político, “comeu melado e se lambuzou” até hoje vive da “máquina” para se reeleger. Noutra ponta vemos Éder Mauro muito conhecido por seu trabalho como delegado, aproveitando-se da violência que assola nossa terra usou um discurso de ódio para chegar onde chegou. Os dois apesar de se degladiarem não passam de farinha do mesmo.

  4. Breno Rodrigues

    29 de junho de 2018 - 19:53 - 19:53
    Reply

    A verdade é que estes dois cidadãos se aproveitaram de momentos oportunos muito em detrimento de suas imagens enquanto figura pública. Wlad com esse jeito “acaboclado” com aquele discurso de que vinha do povo que se identificava com o povo sentia as dores das mazelas conquistou a simpatia dos paraenses galgou postos nos mais altos escalões político, “comeu melado e se lambuzou” até hoje vive da “máquina” para se reeleger. Noutra ponta vemos Éder Mauro muito conhecido por seu trabalho como delegado, aproveitando-se da violência que assola nossa terra usou um discurso de ódio para chegar onde chegou. Os dois apesar de se degladiarem não passam de farinha do mesmo saco. Suas palavras a muito já não tem credibilidade. A nois paraenses só nos resta torcer e votar contra a continuidade destes seres que casa vez mais levam a imagem já fragilizada dos paraenses cada vez mais para o buraco.

  5. Apinajé

    29 de junho de 2018 - 10:45 - 10:45
    Reply

    Há que se fazer duas leituras desses bizarros personagens,a primeira que são dois legítimos personagens da política brasileira,representantes reais do que é a política como um todo.
    A segunda é que se são representantes paraenses,foram os paraenses que os conduziram aos seus postos…cabe aos conterrâneos expurgarem-os dos seus cargos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *