Hiroshi Bogéa On line

Vacina contra o HPV estará disponível a partir de março

 

O ministério de saúde apresentou, hoje, estratégia de vacinação contra o Papiloma Vírus Humana (HPV).

A vacina já era ofertada na rede particular, no entanto, a preço inacessível para maior parte da população.

O HPV é uma doença sexualmente transmissível (DST).

Os estudos sobre o vírus humano nunca revelaram problemas graves no sexo masculino, mas nas mulheres, na maioria dos casos, a doença age calada, e quando as portadoras sentem sintomas, já têm o diagnostico de câncer no colo do útero.

Apesar de ser a principal causadora do câncer, a DST é comum e nem todos os tipos – mais de 100 – são cancerígenos.

A vacina ofertada gratuitamente é, sem dúvidas, uma forte arma para reduzir o número de mortes por causa do câncer em todo o país.

O público-alvo desse primeiro ano de vacinação será meninas de 11 a 13 anos.

Serão mobilizadas campanhas em escolas e postos de vacinação.

A vacina é dividida em três doses, da primeira para a segunda há um intervalo de seis meses, já da segunda para última o tempo é um pouco maior, 5 anos.

Só terá garantia de 98% de proteção contra o câncer as adolescentes que completarem as três doses.

A vacina estará disponível a partir do dia 10 de março.

Serão disponibilizadas, para todo o país, 15 milhões de doses.

Estima-se que, no Pará, sejam vacinadas mais de 250 mil adolescentes.

.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *