Hiroshi Bogéa On line

Universidades paraenses devem retornar atividades somente no segundo semestre

Não há qualquer previsão de retorno à normalidade para a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade do Estado do Pará (Uepa) ou para o Instituto Federal de Educação Tecnológica do Pará (IFPA). As três instituições seguem com aulas suspensas por tempo indeterminado. Ambas mantém apenas atividades remotas, tanto administrativas quanto na produção e compartilhamento de conhecimento.

O posicionamento das duas instituições federais foi divulgado na manhã desta quinta-feira (21), horas depois de a Universidade Federal do Pará (UFPA) confirmar que não retomará as atividades normalmente a partir de junho. Esse é o mês que Governo do Estado e o município de Belém preveem como início da retomada à normalidade pós-pandemia.

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) informou que segue as normativas do decreto estadual 609/2020, que contém todas as medidas preventivas contra a covid-19 e também instituiu o lockdown. Logo, quaisquer mudanças devem ser comunicadas pelo próprio Governo do Estado. A última atualização foi de conceder mais 15 dias de férias apara os professores e sem previsão de retorno.

Tanto a Ufra quanto o o IFPA possuem comitês internos de avaliação e gestão de crise e riscos. Quaisquer decisões relacionadas a retorno de atividades, antes, deverá ser amplamente discutida por esses grupos de trabalho. Faltam posicionamentos da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e da Universidade Federal do Sul e do Sudeste do Pará (Unifesspa).

Das universidades particulares, por enquanto, apenas o Cesupa, a Unama e a Uninassau já se posicionaram. O Centro Universitário segue de férias até 30 de maio. As aulas serão retomadas no dia 1º de junho, mas apenas de forma remota, pela plataforma Google for Education, que já estava sendo usada desde abril.

Unama e Uninassau, ambas pertencentes ao grupo Ser Educacional, em nota, informaram que respeitam e aguardam orientações do Governo do Estado e órgãos de saúde a respeito de como lidar com a pandemia. As atividades presenciais seguem suspensas.  (O Liberal)

——————

Nota do Blog: a Unifesspa, semana passada, anunciou que as atividades da instituição estão suspensas por tempo indeterminado.

A instituição, com Campus-Sede em Marabá, aguardará a evolução do combate à pandemia para redefinir seu planejamento para o restante do ano.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *