Hiroshi Bogéa On line

Tipo importação

Valmir Ortega foi rápido. Não deixou acirrar a disputa.
Para o lugar de Tony Rosa que não chegou a assumir a Diretoria de Controle e Qualidade Ambiental, o secretário da Sema nomeou Marcelo Aiub de Mello.
Procedente de Brasília, o técnico desembarca com a missão de resolver uma das maiores broncas do governo: aplicação de política ambiental que não quebre a estrutura do setor produtivo.
O chamado desenvolvimento sustentável diante de tantos interesses conflitantes e em áreas totalmente distintas desse imenso território paraense.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    1 de novembro de 2007 - 13:49 - 13:49
    Reply

    Boa sorte pra ele.
    Preocupa-me o Setor produtivo do Estado, que pelo visto pode vir a levar mais porrada, considerando que, se é Brasilia era, ou é, do IBAMA, por tabela deve ser ambientalista, se é, ambientalista é preservacionista e se o é, F…. o Desenvolvimento.
    F… nós, f…. o Setor Produtivo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *