Hiroshi Bogéa On line

Sespa alerta sobre prevenção ao sarampo

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou aos 13 Centros Regionais de Saúde para que alertem as 144 secretarias municipais de Saúde quanto ao reforço das ações de controle e prevenção do sarampo.

O alerta se deve a recentes surtos da doença na Venezuela e nos Estados do Amazonas, Roraima e Rio Grande do Sul, envolvendo inclusive pessoas que viajaram à Europa.

No Pará, os últimos três casos de sarampo foram registrados em 2010, todos oriundos de outros locais.

Atualmente, a vacina contra o sarampo está disponível gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde: uma dose da vacina tríplice viral aos 12 meses de idade e a segunda dose (com a vacina tetraviral, que também protege contra a varicela) aos 15 meses.

Adultos com até 49 anos de idade, sem histórico da doença e/ou sem comprovante vacinal, também devem ser vacinados.

Apenas pessoas que são portadoras de doenças crônicas e as grávidas não devem receber a vacina. No caso das gestantes, devem esperar o parto para serem vacinadas.

Se a mulher planeja engravidar, um exame de sangue poderá certificar se já está imune à doença. S

e não estiver, deve ser vacinada antes da gravidez, e esperar pelo menos quatro semanas para engravidar.

No caso dos profissionais de saúde, para serem imunizados são necessárias duas doses com intervalo de 30 dias entre elas, independentemente da idade.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *