Hiroshi Bogéa On line

Servidor da Adepará teria sido transferido por combater “propina e condenar carne estragada”

 

Blog acaba de publicar, ao post  Jader desmente boatos de ataque cardíaco,  comentário de Jesiel Nascimento.

Autor da mensagem  afirma ter sido removido para um posto de trabalho da Adepará, no coração da  Transamazônica, por não compactuar com a corrupção que impera em posto de fiscalização denominado Rio Tocantins, do mesmo órgão.

Comentário é carregado de grave denúncia, a merecer, no mínimo, manifestação pública da direção da Adepará.

O que diz o autor da mensagem, reproduzida a seguir:

 

 

Jesiel Nascimento

Prezado Bogéa. Sou da ADEPARÁ, trabalho em um posto de fiscalização agropecuária Rio Tocantins e veja só: por não aceitar nenhum tipo de propina, fazer vários autos de infração, condenar carne bovina estragada etc., fazer denúncias contra maus servidores de VÁRIOS ÓRGÃOS que trabalham próximos a nós e outros mais; como punição, os diretores da ADEPARÁ me removeram para um posto na transamazônica sem ao menos me dizerem o porquê; baseados, segundo eles, por alguém que também não me disseram. Do ponto de vista Legal, estão corretos; contudo do ponto de vista MORAL e ÉTICO foram extremamente arbitrários. Estou com as fotografias, gravações, cópias e pensando seriamente em ir (o mais breve possível) ao MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARÁ. Ao fazerem este ato insano, os diretores da ADEPARÁ manifestaram claramente aos DESONESTOS e CORRUPTOS que o “CERTO É FAZER O ERRADO”, uma vez que quem trabalha de forma correta e de acordo com a lei tem que ser penalizado e isolado; removeram-me para um posto de fiscalização agropecuária no meio da Rodovia transamazônica (Itaituba/Rurópolis – Posto BR 163), posto este sem suporte e sem segurança efetiva e absoluta. Sinceramente é, no mínimo, condena-me a morte, uma vez que não aceitaria em hipótese alguma me corromper e nem deixaria de executar a legislação agropecuária que frequentemente vai contra os interesses de políticos e pessoas ricas que pouco se importam com a qualidade dos alimentos (produtos e subprodutos de origem animal e vegetal). O estado do Pará está prestes a conseguir o status de área livre para febre aftosa e um comportamento desse tipo é no mínimo insano, irresponsável e perigoso. Estou triste, magoado, decepcionado e indignado, mas consciente do que eu sou e do eu faço; estou disposto a solicitar que os meus sigilos bancário, fiscal e telefônico e outros mais sejam quebrados. Também estou disposto a recorrer ao Judiciário parauara para ter meus direitos constitucionais garantidos. Acredito, ainda, em um Pará melhor. Acredito no MP paraense e no Judiciário. Acredito em pessoas honestas como vossa excelência. Acredito na blogosfera paraense. Acredito na participação popular. Acredito em um Brasil livre de corruptos e sanguessugas.

Post de 

11 Comentários

  1. Jesiel Nascimento

    11 de maio de 2013 - 17:32 - 17:32
    Reply

    Caro Jesiel (xará no nome e sobrenome).
    Você afirma que “…O interesse postado aqui não é intimidar os diretores da ADEPARÁ (se o fosse teria citado nomes), mas CHAMAR a sociedade para o DEBATE”.
    Vamos parar de fazer fumaça. Queima pra valer. Dá os nomes e os fatos. Apresente sua denúncia aos órgãos oficiais e divulgue publicamente. Senão cada vez eles vão te isolar mais.

  2. Eladir

    9 de abril de 2013 - 23:14 - 23:14
    Reply

    Cauan Pirí , sai daí seu idiota. A questão aqui não é se é do Pará ou não. Me diz em qual estado do Brasil não existe corrupção?
    Peço ao moderador que retire esse comentário, pois é ofensivo, discriminatório e preconceituoso.

  3. Cauan Pirí

    25 de março de 2013 - 13:37 - 13:37
    Reply

    É do Pará? Não podemos esperar coisas melhores…

  4. Amanda

    23 de março de 2013 - 13:59 - 13:59
    Reply

    Sua coragem foi impar Jesiel nao deixe de manifestar somente nesse momento de magoa,raiva….Passei por coisas muito parecidas,tambem sou servidora da ADEPARA e hj nossa situaçao é vergonhosa e o pior tende a se agravar mais ainda e o Poder Publico (governo) finge nao ver. A era Mario Moreira veio para nos destruir e ja sentimos falta do Rubao, q com todos os erros nós servidores eramos valorizados.Nao deixe de lutar caro colega.

  5. Jesiel Nascimento

    23 de março de 2013 - 07:51 - 7:51
    Reply

    Primeiramente gostaria de agradecer a você querido Hiroshi Bogéa pela publicação, mas também as pessoas inteligentes e solidárias a minha causa. Senhores, gostaria de ressaltá-los que a Agência de Defesa Agropecuária do Pará – ADEPARÁ não é a única que faz parte do rol de denúncias que frequentemente faço. Tenho ajudado muitos blogueiros paraenses (e acreditem, graças a blogosfera paraense muitas catástrofes tem sido evitadas neste Parazão de Meu Deus) em várias denúncias que vão dos governos (nas três esferas) até servidores corruptos. Às vezes me escondo no anonimato, contudo nem sempre. Gosto mesmo de mostrar a minha cara e persevero na esperança que TODA a SOCIEDADE participe e também denuncie qualquer mazela, seja ela social, política, econômica, cultural, dentre outras. Eu quero deixar um BRASIL e um PARÁ bem melhor para os meus descendentes. O interesse postado aqui não é intimidar os diretores da ADEPARÁ (se o fosse teria citado nomes), mas CHAMAR a sociedade para o DEBATE e desta forma ajudar outras pessoas que sofrem essa mesma injustiça e tem medo desse manifestar ou até mesmo desconhece canais íntegros como este blog. Mais uma vez, meu muito obrigado e um abraço fraterno a todos. Fiquem com Deus.

  6. João Guimarães

    23 de março de 2013 - 00:16 - 0:16
    Reply

    É verdade, anonimo de março 22nd, 2013 at 19:05…rsrsrsrsrs! Dizer tudo aqui no blog é fácil…Vai pro ministério público!

  7. anonimo

    22 de março de 2013 - 19:05 - 19:05
    Reply

    Espero que o ditado popular que diz:CÃO QUE LADRA NÃO MORDE não venha funcionar neste caso.

  8. Anônimo

    22 de março de 2013 - 18:55 - 18:55
    Reply

    Prezado servidor.

    Busque com urgência proteção, e denuncie tudo isso no MP, agora que tornaste tudo isso público não tem mais volta vc pode estar correndo risco de vida.

    Parabenizo por sua atitude, mas lembre-se que a coragem deve ser acompanhada da prudência… busque ajuda.

    Tens a minha solidariedade, não posso me identificar, mas verei meios para acompanhar o fato e ajudá-lo.

  9. GIlsim Silva

    22 de março de 2013 - 17:28 - 17:28
    Reply

    Hiroshi, parabenizo vc pela oportunidade dada ao servidor da Adepará e pelo ato corajoso do mesmo que faz a denuncia que merece ser APURADA , com acompanhamento do Ministério Publico. O caminho e é esse da moralização .Abs

  10. Func.HMM

    22 de março de 2013 - 16:57 - 16:57
    Reply

    Ser honesto e se ser contra a corrupção e o desvio de condulta de servidores é uma atitude de coragem e caráter pois essas qualidades desagrada e incomoda muita gente.Infelizmenta na maioria das vezes o punido é a pessoal que se opoe aos desmandos no serviço público,digo isso porque já fui e estou sendo vitima de retaliações por ser assim,mais isso só me intimida e me dá mais forças…!

  11. Jorge Antony F. Siqueira

    22 de março de 2013 - 16:19 - 16:19
    Reply

    Caro Hiroshi, Porquê só agora a denúncia ? O Sr. Jesiel Nascimento, em sendo verdade suas alegações, acho antes de mais nada, que está correndo risco de vida, perdendo precioso tempo em não procurar as autoridades para pedir proteção e oficializar as denuncias por ele citadas, já que o mesmo afirma ter provas. Então Jesiel, na forma em que se encontra a tua situação, cai na real, não têm volta, cara. És minoria como reconheces. Decidistes enfrentar um gigante. “Quem sai prá chuva sabe que pode se molhar”. Vai em frente e que Deus de ajude e proteja. 22.03.13, Mba.-PA.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *