Hiroshi Bogéa On line

Saúde na região de Belo Monte carece de atenção estadual

 

 

Helio Franco, secretário de Saúde Pública, em reunião com prefeitos e secretários municipais de Saúde da Transamazônica, nesta terça-feira (26), discutiu vários tópicos inerentes ao setor da saúde da região influenciada pela Usina de Belo Monte. Todos os gestores reunidos mostraram real interesse em encontrar parcerias com propostas de reduzir os problemas ocasionados pela construção da hidrelétrica.

Em razão do andamento migratório, Portarias foram decretadas como incentivo financeiro que compense parte do impacto desse fluxo. Porém, foram descumpridas. Essa questão foi arrolada na reunião, questionando ao Ministério da Saúde os repasses.

Entre outras reivindicações, denotaram a necessidade imperiosa da Farmácia Básica, Vigilância em Saúde, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e revisão da Programação Pactuada Integrada (PPI).

Ainda, Os prefeitos solicitaram apoio para efetivação de cursos voltados para as áreas de enfermagem técnica, Radiologia e Laboratório, bem como, cursos em Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e UTI Neonatal, adulto e pediátrico.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *