Hiroshi Bogéa On line

Salame critica empréstimo do Governo do Estado

 

 

Da Assessoria de Imprensa do deputado João Salame, na Assembleia Legislativa, com pedido de publicação:

 

 

“O pedido de empréstimo do Governo do estado, da ordem de R$ 1,9 bi, que tramita nas Assembléia Legislativa do Estado, pra variar, é generoso com Belém e perverso com Marabá e outras cidades da região”.

A denúncia foi feita pelo deputado João Salame (PPS), na última terça-feira, em pronunciamento realizado da tribuna da Assembléia Legislativa. Além dos recursos destinados a recuperação de estradas em todo o Estado, e outros que ficarão sob o comando dos secretários de Jatene, as verbas carimbadas para os municípios revelam a discriminação de sempre.

Enquanto a capital fica com R$ 568 milhões do empréstimo, Itaituba fica com R$ 70 milhões, Santarém com R$ 45 milhões e Marabá com apenas R$ 15 milhões. Na tribuna, Salame denunciou que a proposta embutida no projeto acentua as desigualdades regionais.

“Diziam que não era preciso dividir o Pará, que o Pará unido daria conta de enfrentar as desigualdades regionais. Mas o que vemos é o de sempre: o Pará unido aumentando o fosso que separa as regiões. Esse empréstimo é uma vergonha”, protestou o prefeito eleito de Marabá.

Salame conclamou o governador Jatene a rever a proposta enviada para a Alepa. “Se o governador Jatene fizer uma revisão nessa proposta de empréstimo e contemplar Marabá como o município merece, ele será certamente parabenizado pela sua atitude. Nas obras que forem carimbadas para Marabá nesse empréstimo ele será recebido com festa por ocasião das suas inaugurações. Caso contrário, a população saberá reagir a mais essa discriminação”, alertou o deputado.

O pedido de empréstimo deverá ser votado nesta terça-feira. A proposta de revisão feita pelo deputado João Salame foi encaminhada ao governador pelos líderes dos partidos e pelo presidente da Alepa, deputado Manoel Pioneiro (PSDB).

 

Veja a seguir onde o dinheiro carimbado para municípios será aplicado, segundo o projeto enviado pelo governador para a Alepa:

 

Belém

Construção e aparelhamento do Hospital Abelardo Santos ….  40.000.000,00
Adequação do Terminal Hidroviário de Belém………………….. . 15.000.000,00
Duplicação da Av. Perimetral………………………………………….  43.000.000,00
Construção do Ginásio de Esportes no Mangueirão…………….  60.000.000,00
Implantação do Parque do Utinga (Obra de Paulo Chaves)… 150.000.000,00
Implantação da rodovia do Yamada………………………………   30.000.000,00
Restauração do 4º. e 5º. Setores do abastecimento de água..146.000.000,00
Reabilitação do Centro de Oper. De Abastecimento de água.  23.500.000,00
Limpeza do Lago Bolonha ……………………………………………. 500.000,00
Construção da Adutora de água na Av. João Paulo II………   30.000.000,00
Construção do Centro Integrado de Operações ……………..    30.000.000,00

Total para Belém ……………………………. …………. 568.000.000,00

 

Itaituba
Construção e aparelhamento do Hospital Regional ………   70.000.000,00

 

Santarém

Implantação do Ambulatório Médico de Especialidades… 15.000.000,00

Porto de Santarém …………………………………………………..  30.000.000,00

 

Marabá

Implantação do Ambulatório Médico de Especialidades.  15.000.000,00

 

Assessoria de Imprensa do Deputado João Salame

Post de 

9 Comentários

  1. Alberto Lima

    26 de outubro de 2012 - 15:21 - 15:21
    Reply

    Esse governador mistura as coisas.
    O caso do estado de carajás não ser criado, não isenta o pescador governador (governador?) de ter de implantar melhorias em todo o estado.

  2. Calo no Sapato.

    23 de outubro de 2012 - 12:00 - 12:00
    Reply

    Se tiver messias na administração é do Tião,não faça como o Maurino fez.inimigos bem distantes.

  3. anonimo.

    17 de outubro de 2012 - 13:51 - 13:51
    Reply

    Infelizmente é dolirido aceitar mas colegas trata-se de uma prioridade politica é só vê colegio eleitoral dessas regiões marabá tem menos de 10% do eleitorado. mal comparando Não teve outro prefeito em marabá que investisse tanto na zona rural como o Maurino e Perdeu para TM em vilas que nunca tiveram nada antes do MM paciencia faze o q…

  4. Anônimo

    17 de outubro de 2012 - 01:32 - 1:32
    Reply

    15 mi para um ambulatório é uma afronta a nossa inteligência.

    Marabá já tem um projeto de um centro de especialidades do município.

    Falta o pessoal sincronizar as informações.

  5. messias

    16 de outubro de 2012 - 11:41 - 11:41
    Reply

    Correto não está.. O papel de um Deputado Estadual é esse mesmo, verificar as propostas dom Governo, e junto com os demais aprovar ou não aprovar.. Nós aqui em Marabá parece que sempre ficamos de lado, isso há mais de cinco anos. Até quando a gente vai sofrer eu não sei, eu só sei que alguém tem que tomar providências, nem que seja o próprio povo, que é o mais difícil..Acho que se o Candidato a PREFEITO eleito, fosse da base do Governador, com certeza seria bem mais fácil…. Mas mais uma vez o Povo foi quem decidiu.. Por isso fica o DITADO: CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE..

  6. Anônimo atento

    16 de outubro de 2012 - 07:31 - 7:31
    Reply

    Mais uma vez o deputado Salame mostra que não se intimida com os poderosos de Belém e bota a boca no trombone. Parece que agora surgiu uma liderança verdadeira no sul do Pará, que não se vende pelas migalhas que os governadores sempre oferecem pra nós. Habilidoso, nota-se que ele não fecha a porta ao diálogo, mas audacioso na defesa dos interesses de Marabá. Vai longe esse moço!

  7. naldo

    15 de outubro de 2012 - 20:36 - 20:36
    Reply

    Se o governo do estado não tem obras a fazer em Marabá, está mais que na hora de brigarmos pela criação do novo estado (Carajás). É vergonhoso tal fato, do olhar mísero e a forma que o governo nos trata.

  8. Anônimo

    15 de outubro de 2012 - 18:27 - 18:27
    Reply

    Cadê q o deputado Tião Jatene se preocupa por Marabá, ele q deveria intervir junto ao governador para questionar o porque de só 15.000.000,00, ele deve ainda estar muito doente depois da lambada do dia 07. É isso q o povo não pode esquecer, o total desinteresse dele pelo nosso município.

  9. Anônimo

    15 de outubro de 2012 - 16:59 - 16:59
    Reply

    Ha!! Vá!!! Esse Governador Pescador é muito sacana, agora quero vê o repúdio do deputado Tião Miranda contra essa pandalheira.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *