Hiroshi Bogéa On line

Quebra de sigilo telefônico facilita localização de um dos acusados que atiraram em um policial civil

Apontado como  responsável por dar fuga aos criminosos que atiraram em um policial civil em Santarém, Kellyson Cardoso Pantoja foi preso em Rurópolis.

A quebra do sigilo telefônico do suspeito, autorizada pela justiça, facilitou o trabalho da polícia na localização do acusado.

Na decisão, além de manter a prisão preventiva, o juiz de direito Gabriel Veloso autoriza a quebra de sigilo para visualização e utilização como prova de registro de chamadas, vídeos, áudios e demais mensagens.

Aplicativos de mensagens instantâneas e perfis em redes sociais também podem ser consultados como, por exemplo, WhatsApp, Telegram, Facebook, Instagram, etc.

Além da efetuar a prisão de Kellyson Cardoso Pantoja, a polícia apreendeu o veículo utilizado para dar fuga aos criminoso.

 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *