Hiroshi Bogéa On line

Quando a maracutaia prevalece

 

Daqui a pouco, o blog se posicionará em relação à sessão da Câmara Municipal de Marabá que praticamente absolveu a vereadora Elka Queiroz (PTB)  das acusações de desvio de função e quebra de decoro, imputando-lhe apenas 30 dias de suspensão de mandato.

A sessão vergonhosa de sexta-feira, 25, reflete tão somente o baixo nível da maioria dos vereadores que a compõem.

Os “fora  da lei”, conforme expressão designada por uma vereadora revoltada com a rejeição de parte  do relatório que pedia condenação à parlamentar,  venceram a queda de braço, premiando uma vereadora irresponsável.

Ainda hoje, o blog  voltará ao assunto.

Post de 

11 Comentários

  1. Anonimo

    29 de março de 2011 - 07:49 - 7:49
    Reply

    Hirosche. agora eu saquei o motivo do seu Zé ROBERTO não fazer mais as. farras aque na mangueira e na Fl. 14 com o carro da Câmara.

  2. Anônimo

    29 de março de 2011 - 02:01 - 2:01
    Reply

    Êta mundo velho!!!
    Não vejo as coisas com a mesma ótica dos que, sem o menor conhecimento do funcionamento do legislativo, emite diversas opiniões, buscando igualar a todos, os demandos cometidos por alguns. Que por sinal, são constantemente reeleitos pelo mesmo povo que os criticam.
    Não se faz justiça com as próprias mãos, ou como pensa que pode fazer.
    Em relação a situação da Elka, existem tantos outros mais cabeludos que os mesmos críticos calam. Eu não conheço a vereadora Elka, já a ví a distância, portanto, isento para emitir minha opinião. Acho que a mesma deveria ser punida com mais rigor por desvio de conduta no uso de veículo em atividade alheia a sua finalidade institucional e parlamentar. Mas cassar o mandato como queriam alguns, como se fosse o crime mais absurdo e lesivo ao erário público, é muita radicalidade.
    Entendo que o eleitor precisa analisarmelhor em quem vota para o representar nos poderes constituídos. Sem isso, vai dar na mesma.
    Abraços.

  3. Edy Murph

    29 de março de 2011 - 01:19 - 1:19
    Reply

    áhahhahhahahahahahahahhahahhhahahhaahahhahhahahaahahahaahahahhaahhahahahahahaahahhahahaahahahahahahahahahahahahahahahaahahahahahahahaahhh…….Palhaçada Né……..ahahahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahhahahahahahahahahahahhhahhhahahahahahahhahahahahahahahahahahahahahahaaahah
    .Nem prá cair um vôo não tripulado daqueles que ficam espionando por aiiii bem na hora que a cambada estiver em naquela sacanagem de ferrar o povo…aaaahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah….será que é pedir muito??????????

  4. Anônimo

    29 de março de 2011 - 00:42 - 0:42
    Reply

    Graças a Deus que as próximas eleições já estão batendo na porta… sinceramente está passando da hora de renovar toda essa turma de vereadores, infelizmente prevalece o coorporativismo, além do mais punir apenas a vereadora, não seria o mais sensato e justo, já que todos os outros vereadores também fazem a mesma prática. Moro no núcleo da Cidade Nova e aos finais de semana é raro vê os carros locados à serviço da Câmara Municipal de Marabá estacionados, realmente se a vereadora fosse punida com mais rigor, a Casa Legislativa seria derrubada, não sobraria um vereador que não fosse também julgado pela comissão, então pensamos no lado bom da história: é melhor abrandar a punição da vereadora assim não teremos outros casos para serem julgados, o que em tese demandaria mais sessões para discutir problemas internos, causando o atraso nos demais trabalhos do legislativo, afinal os projetos de lei são inúmeros, se não me engano é um legislativo bem atuante!? rsrsrsrs…

  5. Ribamar Ribeiro

    28 de março de 2011 - 22:56 - 22:56
    Reply

    Foi apenas um “cala boca” na vereadora, caso contrário ela abriria e dizia tim tim por tim os bastidores da casa de noca.

  6. leal

    28 de março de 2011 - 15:58 - 15:58
    Reply

    a contar pelos sorrisos que distribuia a vereadora ,tava na cara que ja estava tudo acertado nos bastidores , as eleicoes estao vindo espero sicerramente senhora vereadora, que o povo lhe der o troco nas urnas ja que os nobres vereadores(nao todos) lhe deram ferias. leal

  7. ANONIMO

    28 de março de 2011 - 13:27 - 13:27
    Reply

    Porquê o espanto ??? Não tem nada de vergonhoso, e não há nenhuma surpresa,na decisão dos vereadores.Essa é a classe política mirim,que toma decisões espelhadas nos seniors de Brasília.Acoberta dona Elka hoje,quem sabe amanhã sou eu que preciso do voto dela,assim raciocinam os ilustres edis. E o povo ;ó : top/top/top

  8. Adir Castro

    28 de março de 2011 - 12:28 - 12:28
    Reply

    Adotaram o lema dos três mosqueteiros: um por todos e todos por um.

  9. Elielson Silva

    28 de março de 2011 - 08:56 - 8:56
    Reply

    “Eles por ela”
    Enganou-se quem achava que a Câmara Municipal de Marabá mandaria ao Brasil um exemplo de ética e zelo com a ‘res publica’. Mais uma vez – e não será a última! – os edis marabaenses demonstraram de que lado estão.
    É isso aí, no final, “eles por ela”!

  10. Nando

    28 de março de 2011 - 00:52 - 0:52
    Reply

    Em Tailândia a situação não esta tão diferente. Mas o estopim da bomba já foi acionado, o MP já esta com esta bomba chiando nas mãos, que não fique dormindo em berço esplendido para premiar a bandidagem.

  11. Nando

    28 de março de 2011 - 00:50 - 0:50
    Reply

    Resumindo: 30 dias de calorosas férias!!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *