Hiroshi Bogéa On line

Qualificando mão de obra

A primeira turma do Projeto denominado “Excelência no Atendimento ao Cliente”, teve sua aula inaugural na última segunda-feira, 23 de maio às 18h30. A ação que visa a melhoria de resultados de empreendimentos, seja no comércio, indústria, ou na prestação de serviços, por meio da satisfação do cliente, é fruto de parceria firmada entre a Prefeitura de Marabá através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração, Ciência e Tecnologia – SICOM; Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa – SEBRAE; Associação Comercial e Industrial de Marabá – ACIM; Sindicato no Comércio de Marabá – SINDICOM; e Conselho de Jovens Empresários de Marabá – CONJOVE.

A partir da conclusão desta turma, que deve durar cerca de duas semanas, o Projeto prevê a formação de novas e sucessivas classes, que deverão ser concebidas de forma setorial, sediadas pelos diversos outros núcleos populacionais, tanto da zona urbana quanto rural do município.

De acordo com Francelino Carvalho, consultor encarregado de ministrar o treinamento, vários tópicos que dizem respeito a relação entre atendimento e satisfação do cliente serão trabalhados durante as quarenta horas previstas para duração do curso. Ele destaca temas como “A importância da satisfação do cliente”; “perfil do profissional de atendimento”; “momentos da verdade das empresas”; “agregar valor gera encantamento do cliente”; “os sete pecados no atendimento ao cliente”; “ações estratégicas para fortalecer a relação com o cliente”; “medindo a satisfação do cliente”. “A partir do momento em que passe a conhecer, aprendendo a lidar com cada um desses temas, o profissional terá uma visão diferenciada de seu papel no empreendimento, resultando em mudanças, pra muito melhor nos resultados”, afirma o consultor.

Além disso o ministrante também cita outros fatores, igualmente trabalhados durante o curso, esses capazes de produzir o que se chama de “Superação das Expectativas do Cliente”, onde se destacam as habilidades essenciais do profissional de atendimento, culminando na exposição da chamada “fórmula de satisfação do cliente”.

O curso visa, ainda, preparar colaboradores e/ou gerentes quanto a questões do dia a dia das empresas como: compreender o que é valor agregado; quanto custa agregar valor; como lidar com situações e clientes difíceis; e como solucionar queixas e reclamações, entre outras.

Segundo o secretário municipal de Indústria e Comércio, João Tatagiba, a implantação do Projeto deve se traduzir, a curto prazo, em melhorias significativas nos resultados das empresas participantes. Ele diz que “pouco adianta grandes investimentos publicitários na mídia, ou promoções de quaisquer espécie que visem a atração de clientes, se o pessoal do atendimento não estiver apto a atender muito bem e com isso agradar a clientela”. (Texto de Markus Mutran)

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *