Hiroshi Bogéa On line

Presidente da ACIM garante intensificar trabalho pela industrialização de Marabá

Em comentário ao post “Correia Mercúrio é resultante da intermediação competente de dirigentes governistas”, Ítalo Ipojucan, presidente da Associação Comerciale Industrial de Marabá, ratifica a continuidade de lutas a favor  da verticalização industrial de Marabá:

 

Caro amigo, agradeço o reconhecimento pontuado em sua matéria. Sabe da minha paixão pelo tema que envolve o desenvolvimento da nossa região.

Muitos são os embates que nos envolvemos nesse sentido.

Vários foram contemplados e o envolvimento da comunidade foi determinante para o êxito.

Outros continuam sob intenso debate.

Natural que esse trabalho exige confidencialidade, por diversos motivos; o principal é a de não gerar expectativas em uma comunidade ávida por solucionar seu maior dilema: ” empregos”.

Com relação a Mercúrio, é um grande passo na busca pela diversificação da nossa base econômica. Aliado a Sinobras, temos a condição de reconceituar a ocupação do D.I. (Distrito Industrial de Marabá) e já fizemos muito nesse sentido.

Hoje temos a Raízem, Incinere, Ind de reciclagem de escória, Ind de Ferro Liga, Ind de Aço, várias unidades comerciais, hotelaria, posto de combustíveis…..e por aí vai.

Estamos avançando, na velocidade que é possível fazer, sem alarde e sem confetes, mas pensando e comprometido com a transformação.

Agradeço seu reconhecimento do meu envolvimento no processo da atração e implantação da Mercúrio, e aí não posso ser modesto, por mais que a minha natureza imponha tal comportamento.

Nessa construção, em estruturar o convencimento por Marabá, fiz a minha parte e creio que ela fez sim uma grande diferença.

Mas no processo, parceiros como o Estado do Pará e Vale foram extremamente importantes para que o empreendimento restasse viável economicamente.

Grandes obstáculos foram removidos, ação direta da força governamental, municipal e da Vale.

Uma força tarefa, em que fiz o meu papel de unir as pontas do cordão, fazer as amarrações para criar um cenário favorável.

Deu certo, amigo.

A Indústria está aí.

Continuo como sempre me dedicando a outros desafios nessa mesma direção, e garanto ao amigo, estão andando bem. Abraço.

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *