Hiroshi Bogéa On line

Prefeito de Curionópolis supera 90% de aprovação

 

 

A aprovação do prefeito Wenderson Chamon (PMDB)  chegou ao patamar de 93%, entre moradores de Curionópolis que o avaliam como Ótimo, Bom e Regular administrador.

A última medição do humor da população do município  vem no rastro de pesquisa estadual realizada em dezenas de cidades paraenses, e que servirá como parâmetro comparativo para as demais pesquisas a serem feitas até a eleição municipal, em outubro.

Apenas 3% da população de Curionópolis consideram o governo dele péssimo, enquanto 4% não quiseram opinar.

Não se tem notícia, no Estado, de prefeito mais bem avaliado do que Chamonzinho – na foto, acompanhando obras de pavimentação.

 

E é simples saber por que Wenderson voa em céu de brigadeiro: aplicação correta dos recursos (poucos, registre-se!) destinados a Curionópolis.

O município é um canteiro de obras, candidatando-se a ser transformado logo, logo numa cidade digna de se viver – ao contrário de tempos recentes onde o que se via ali era sequência de residencias estampando em suas fachadas placas de “vende-se”.

Há casos contados na cidade de pessoas que venderam suas residências por míseros R$ 800,00,  na ânsia de encontrar oportunidades em outros lugares. Queriam o dinheiro apenas para pagar  a mudança.

Até o final deste ano, quando termina seu primeiro mandato, Wenderson Chamon conclui programação de asfaltar cem por cento das ruas da comunidade, além de levar pavimentação  para um novo bairro planejado, que está sendo habitado com residências populares financiadas pela prefeitura.

Ao  consagrar o termo  “toda unanimidade é burra”,  Nelson Rodrigues queria também dizer da necessidade de haver espaço  para a manifestação de vozes discordantes. No caso de Curionópolis, os 3%  contrários ao que pensa o restante da população certamente não atiçarão candidaturas  opositoras ao prefeito, em sua caminhada pela reeleição em outubro.

Suspeita-se do município ser alçado à condição de raro caso onde partidos políticos não terão nenhuma disposição para enfrentar uma candidatura até agora considerada imbatível – e Chamozinho  ser formalizado candidato único, adversário de si mesmo.

Autor 

17 Comentários

  1. clarismar Batista Lima

    8 de outubro de 2012 - 20:15
    Reply

    Sou filhar de curionópolis, tem pai e mãe ai até hoje sempre que posso vou visistar eles, a cidade desenvolveu muito depois que Chamonzinho, asumiu a prefeitura lembro que eu era nenina, quando chamon pai deles era prefeito, fez bom trabalhor. Mas o filho fez melhor fico muito feliz em saber que á cidade que eu crecei e estudei esta desenvolvendo, cada vez melhor pra mim e uma honra…………fico muito feliz torso por você Chamonzinho Deus abençoi você…………..

  2. joaci do Sacolão

    10 de setembro de 2012 - 10:10
    Reply

    Prefeito que trabalha na área urbana, zona rural, saude como meu amigo Wenderson (chamonzinho), merece ficar a frente do nosso municiípio por mais um vez, conte comigo prefeito, estamos ao seu lado.joaci e familia.

  3. Jose Francisco Gonçalves

    18 de Março de 2012 - 20:16
    Reply

    O povo de Curionópolis tem orgulho de ter um Prefeito com tamanha força de vontade em transformar um municipio falido em um vasto canteiro de obras. Quem dera os gestores anteriores tivesse tido a mesma capacidade, estaríamos hoje morando numa cidade modelo para todo Brasil. Sem atacar os demais, eu destaco o Prefeito Chamonzinho como o melhor prefeito que conheci em meus 52 anos de vida. Alem da disposição para tamanha modificação em nosso municipio, vejo o mesmo com a maior capacidade de angariar junto ao governo do estado e as empresas instaladas em nosso estado, projetos e convenios de grande porte para alavancar o nosso municipio a altura do desejo de nossa população. quem dera o Brasil tivesse 30 % dos prefeitos assim, viveríamos em um outro Brasil Parabens Prefeito. Sinto orgulho de ter confiado meu voto a voce.

  4. Alberto Sousa

    6 de Março de 2012 - 13:23
    Reply

    Parabens, pelo trabalho que ele vem fazendo no município , espero que continue assim . Parabens

  5. Antonio Carlos Pereira

    1 de Março de 2012 - 15:05
    Reply

    Caro Chamon(pai), uma idéia : Que tal pensarmos Wenderson para a prefeitura de Marabá ? Nada contra os curionopolenses. Pode soar como egocentrismo. Acontece, que, a principal leva de candidatos a candidato à prefeito de Marabá, hoje, não nos deixam opção, ou melhor, não passam confiança. Em 01.03.12, Marabá-PA.

  6. francisco

    28 de Fevereiro de 2012 - 21:29
    Reply

    caro chamon pai é um orgulho pra todos nos que acompanhamos a tragetoria politica tanto de pai como filho vermos o chamozinho se destacando como um dos melhores prefeitos do brasil, parabens compnheiro……..

  7. Ao Agenor Garcia

    27 de Fevereiro de 2012 - 11:05
    Reply

    Outra vez voce me emociona e só posso renovar meus agradecimentos e elogiar tua memória. Sobre Eldorado, desmembrado de Curionópolis, já era municipio. E como ultimo ato, foi isso mesmo: meu antecessor resolveu transferir todo o maquinário que acabara de receber do Governo do Estado pra lá, além do sumiço de outros equipamentos e documentos, com o intuito de prejudicar a nova administração. Meses depois, conseguimos de volta a patrulha mecanizada, na justiça. Tudo aos pedaços, lamentavelmente. E ficou por isso. Foi um período difícil, mas aos poucos fomos arrumando a casa. Valeu tambem pela lembrança do grande Smith e a ajuda providencial de D. Elcione. Grande abraço, amigo Garcia.
    João Chamon Neto.
    e.t.- Agenor, esse episódio, com certeza, estará em meu livro de memórias que estou começando alinhavar, onde destacarei, evidentemente, meu maior orgulho: minha condição de campeão de votos da história de nossa querida Marabá, quando fui honrado com o sufrágio de 10% dos meus conterrâneos, na eleição para vereador que disputei em 1982, dentre outros fatos que a política nos oferece de bom e às vezes não tão gratificantes.
    Neste novo desafio espero contar com o apoio de meus amigos, onde incluo voce e o Hiroshy. Valeu.
    Abraços. Obrigado ao amigo Hiroshy por mais essa publicação.

  8. Bons prefeitos

    26 de Fevereiro de 2012 - 16:04
    Reply

    Ao Chamon, pai

    Aqueles primeiros dias de sua administração, foram incríveis. Me lembro, que havia somente duas máquinas de escrever em seu gabinete. Uma, nas mãos do então novel advogado Inocêncio Mártires Coelho, contratado por ti para dar os primeiros formatos legais da sua administração. A outra, bem ao lado do Inocêncio, uma Olivetti, faltando letras, que usei para dactilografar, a seu pedido, os primeiros ofícios exarados do seu gabinete. Não tinhas secretária e o secretariado municipal estava em formação.Faltava tudo. O prefeito que o antecedera, deixou terra arrasada. Naquela tarde, soubemos, pelo engenheiro Ricardo Smith, que depois foi um dos seus primeiros secretários, que uma patrulha mecanizada, entre caçambas, tratores, uma pá carregadeira, patrol, um pipa e mais não sei quantos equipamentos, fora desviada para Eldorado, então distrito de Curionópolis a título de servir para compor uma possível prefeitura que se desenhava lá, ou já havia se emancipado, não sei ao certo. Problemas de toda ordem: prefeitura sem papel até para dactilografia, desvios de equipamentos importantes, dívidas que iriam estourar como bombas relógio e aquele hospital, que hoje, é uma imagem mil vezes renovada. Ao voltar a Belém, fiz um relatório para a Primeira Dama, Elcione Barbalho, que batiza o hospital da cidade. Surpreendida com tamanha destruição, enviou para Curionópolis, uma série de bens entre camas cirúrgicas, armários para remédio, cadeiras, mesas, filtros, equipamentos para esterilização, material de consumo, remédios, ferramentais, tudo oriundos da doação de uma base militar que fora desmobilizada na Alemanha e que o governo estadual herdou.
    Sei que voce fez bom uso daquilo tudo, pois em seguida, outros convênios foram assinados e a sua administração começou do zero absoluto, para atingir um sucesso que agora, seu querido filho e meu amigo de coração, desenvolve com desenvoltura e afinado espírito público.
    Chamon, pai e filho. Quem puxa aos seus, não degenera.
    Grande abraço,
    Agenor Garcia.

  9. vida de gado

    25 de Fevereiro de 2012 - 9:48
    Reply

    “Eleitor
    fevereiro 24th, 2012 at 12:48
    Prefeito bom é o dos vizinhos. Quiçá eles lá não pensem o mesmo do nosso prefeito. Assim caminha a humanidade”

    ‘inclua-me fora desse’ “nosso prefeito”, a minha parte doo-te de bom grado, pelas pesquisas da rádio povo o Maurino é tão teu que em 01 de janeiro de 2013 vc poderá-lo levá-lo pra casa, pra ser prefeito do seu lar

  10. Bideco

    25 de Fevereiro de 2012 - 0:31
    Reply

    Caro Camarada Hiroshi.

    Fica no ar uma ?????

  11. Ao Agenor Garcia

    24 de Fevereiro de 2012 - 21:53
    Reply

    Meu caro Agenor…
    Deves imaginar como me sinto ao ler comentários tão elogiosos a meu menino. Meu coração de pai bate forte e emocionado a cada elogio que, como o seu e do Hiroshy, ouço quase que diariamente por onde quer que eu ande.
    A história de vida de meu filho é um rosário de aprendizado, de desafios, de riscos e de conquistas. Nesses 37 anos de idade, Chamonzinho tem brindado a mim, a Ângela – sua mãe, seus manos e toda a família, com ações que nos orgulhecem.
    Como bem o dissestes, o enfrentamento ao Curió foi sim pesado e tenso desde o mandato de vereador de oposição até a conquista na justiça que afastou o major da prefeitura. Foi um duro período que viveu a família. Manhãs e noites de orações e pedidos a Deus que o livrasse do perigo que vivia diarimanete na Curionópolis da época, dominada pelo ódio e pelo medo. Graças a Deus e a proteção de Nossa Senhora de Nazaré, tudo passou e hoje nossa gente curionopolense vive dias de progresso e de paz,e que o Wenderson que está só começando, possa fazar ainda muito mais pelo povo que tanto o admira.
    Tua lembrança de minha posse em 93, da presença saudosa de meu pai Miguel sempre muito apaixonado pelo neto, me emocionou. Obrigado, companheiro. E não me esqueço do show que destes na cerimônia de mi nha posse.
    Obrigado e um grande abraço tambem ao Hiroshy sempre muito cordial com o Wenderson.
    JOÃO CHAMON NETO.

    • Hiroshi Bogéa

      24 de Fevereiro de 2012 - 22:08
      Reply

      Grande Chamon, pai: teu filho é gente séria, por isso merece todo meu respeito e admiração. Abs

  12. Anônimo

    24 de Fevereiro de 2012 - 20:11
    Reply

    Chamonzinho,

    Grata surpresa. Conheço a história desse jovem prefeito desde o primeiro dia em que ele pisou na cidade.Vinha de Belém, a trabalho do gabinete da Primeira Dama do Estado, Elcione Barbalho, para fazer um relatório do estado em que se encontrava o hospital da cidade, que tem o seu nome. Encontrei-o em bagaços, literalmente. No carro, vim com Chamonzinho. O pai, já se encontrava em Curionópolis, instalando o governo. Aliás, fui o mestre de cerimônias, que organizou a festa de posse do prefeito. O menino estava lá, ao lado do avô, nas primeiras filas do plenário da Câmara Municipal. Pensando, talvez, um dia..
    Pois é, o seu dia chegou e ele derrotou o notório Curió, numa campanha pesada, tensa, cheia de patranhas e ameaças. Destemido, virou o jogo e venceu. Hoje, podemos dizer que o rapaz que veio dirigindo o carro, naquela memorável viagem, mostrou-se um articulador político de primeira, um administrador competente, cujas obras não são de fachada, é querido pelo povo que o saúda pelas ruas. Anda pela cidade sem capangas ou guarda costas, é respeitado pelo que realizou. Sem dúvida é o prefeito mais bem sucedido no sul sudeste do Pará.
    Grande abraço, Chamonzinho, parabéns.
    Agenor Garcia
    jornalista
    gestor ambiental.

  13. Anonimo

    24 de Fevereiro de 2012 - 19:46
    Reply

    Esse que é um bom administrador dos recursos públicos (Do Povo). Se 50% dos politicos fossem assim, teriamos um Pará e o Brasil mais forte.

  14. Hudson Jr

    24 de Fevereiro de 2012 - 19:29
    Reply

    Eleitor das 12:48, somente um debil mental conseguiria classificar a gestão do prefeito de Marabá como Ótima ou Boa.

  15. almir

    24 de Fevereiro de 2012 - 13:53
    Reply

    “os 3% contrários ao que pensa o restante da população certamente não atiçarão candidaturas opositoras ao prefeito, em sua caminhada pela reeleição em outubro.”

    os 3% representam a democracia, que nada mais é do que um sistema que protege as minorias, de resto, sorte deles aqui as opções são mais do mesmo, estamos naquela do “menos pior”

  16. Eleitor

    24 de Fevereiro de 2012 - 12:48
    Reply

    Prefeito bom é o dos vizinhos. Quiçá eles lá não pensem o mesmo do nosso prefeito. Assim caminha a humanidade.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *