Hiroshi Bogéa On line

Pra debaixo do tapete

 

No blog da Franssinete Florenzano:

 Os deputados estaduais cometem um erro estratégico ao barrar a CPI para investigar as irregularidades na Alepa.

(…) Até porque a ex-servidora Mônica Pinto, que no início estava servindo de bode expiatório, não foi chamada a depor na Sindicância e já avisou que se for convocada, vai contar tudinho, tintim por tintim.

Então, está passando da hora de chamar a Mônica e passar um pente fino com lupa na Alepa.

 ———

NB: Sim, está passando da hora.

Como também está impacientando as posições dos deputados estaduais João Salame (PPS)  e Sebastião Miranda (PSDB), representantes de Marabá, até agora refugando assinatura ao pedido da CPI

Post de 

6 Comentários

  1. Anonimo

    31 de março de 2011 - 09:53 - 9:53
    Reply

    Caro amigo Hiroshi, o que vem a ser gente graúda?
    Quem estava lá, ou quem chegou agora, ou quem fazia parte da mesa de diretora da ALEPA?

  2. Franssinete Florenzano

    30 de março de 2011 - 19:09 - 19:09
    Reply

    Essa comissão investiga unicamente a Monica Pinto, que sequer depôs. Não é preciso bola de cristal para saber desde o início que a sindicância vai dar em nada. Até porque não tem poderes para investigar os contratos celebrados pela Casa (comandada por deputados).

    Seria mais inteligente para os deputados que nada temem assinar logo o requerimento da CPI. O desgaste vai acabar muito maior. Ainda mais que teremos eleições ano que vem. Quem viver, verá.

    • Hiroshi Bogéa

      30 de março de 2011 - 19:28 - 19:28
      Reply

      Mas vamos ficar de olho, querida. Você aí, mais de perto. E seu amigo aqui, repercutindo a repercussão. Essas fraudes na AL do Pará são um dos maiores escândalos políticos que se tem notícia, precisando ser exposta suas entranhas, sem dó. O que tem de gente graúda metida nessa safadeza…

  3. Carlos Cruz

    30 de março de 2011 - 10:57 - 10:57
    Reply

    Meu caro Hiroshy.

    Logo que surgiram as denúncias os deputados aprovaram a criação de uma Comissão de Sindicância formada por servidores concursados e efetivos da Casa para apurar o caso. A Mesa Diretora, presidida pelo deputado Manoel Pioneiro, assumiu o compromisso de encerrar os trabalhos da Comissão dia 3 de abril. Portanto, estou aguardando os resultados do trabalho dessa Comissão. Antes disso não vejo necessidade de se criar uma CPI, a não ser que, desde já, esteja desconfiando do trabalho dessa comissão. Depois do dia 3, se não ficar satisfeito com os resultados do trabalho da comissão, aí sim, assino a CPI.
    Atenciosamente

    João Salame

  4. Anonimo

    29 de março de 2011 - 17:47 - 17:47
    Reply

    Os deputado João, e Bernadete, deveriam dar melhores explicação, ja que faziam parte antes desta casa.

    ,

  5. Adir Castro

    29 de março de 2011 - 14:38 - 14:38
    Reply

    Afinal, o que os impede de assinar logo a esse pedido?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *