Hiroshi Bogéa On line

Por 17 X 4, Câmara altera PCCR dos educadores

Depois de ter sido adiada por alguns minutos, a sessão da Câmara de Marabá que votou projeto de lei alterando partes importantes do PCCR da área educacional do município foi reiniciada, sob clima de tensão e nervosismo.

Antes de convocar a segunda sessão, já que a primeira foi suspensa devido a confrontos entre o setor de segurança da CM e professores, o presidente a casa, vereador Pedro Correa, pediu a  presença de mais policiais e guardas municipais para garantir o andamento da votação.

Ao final, o PCCR foi alterado  por larga maioria da base parlamentar que apoia o prefeito Tião Miranda.

17 votos favoráveis ao projeto de lei, e quatro contra.

Veja como cada vereador votou.

 

VOTOS FAVORÁVEIS

Alécio Stringari, Badeco, Beto Miranda, Cristina Mutran, Miguel Gomes Filho,  Cabo Rodrigo,  Edinaldo Machado,  Franck Varão,  Gilson Dias, Márcio do São Félix,  Mariozan Quintão,  Morivaldo Marçal,  Nonato Dourado,  Pedro Correa, Priscila Veloso, Ray Athie e Tiago Kock.

 

VOTOS CONTRA

Irismar Melo, Marcelo Alves, Ronisteu da Silva Araújo (Pastor Ronisteu) e Ilker Moraes.

Post de 

1 Comentário

  1. Roger Lobo

    24 de maio de 2017 - 14:01 - 14:01
    Reply

    primeiro que a lei não pode retroagir para prejudicar ninguém.
    Tem que ver como a matéria foi votada para uma melhor análise.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *