Hiroshi Bogéa On line

Pistoleiro que matou prefeito de Breu Branco conta detalhes do crime

Pistoleiro que matou o prefeito de  Breu Branco, Diego Kolling, falou à imprensa no final da tarde desta sexta-feira, 28, contando detalhes do crime.

O cearense de 40 anos Genival Lima Moura, o “Lelo do Batata”,  diz que foi contratado para matar alguém que teria roubado bens do mandante, “Ricardo Chegado”, presidente do Partido Social Democrático (PSD) de Breu Branco.

A arma usada para a prática do crime foi entregue ao criminoso pelo irmão de Ricardo e secretário municipal de Agricult Marcos Paulo Pessanha Lauria,  Marquinhos.

Além de Genival, Ricardo e Marquinhos, foram presos também Jorge Damasceno e outra pessoa cuja identidade não foi revelada ainda.

O pistoleiro conta na entrevista que trabalhou de tratorista na empresa do mandante.

O vídeo gravado tem  volume do áudio meio baixo, mas dá para entender perfeitamente o que diz o criminoso.

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *