Hiroshi Bogéa On line

Piso nacional do magistério para professores da rede pública estadual será julgado hoje

Dentro de mais alguns minutos o Tribunal de Justiça do Estado do Pará começa  a julgar o pagamento do piso nacional do magistério aos professores da rede público estadual.

Mais precisamente a partir das 9 horas.

O mandado de segurança foi impetrado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp).

O salário base de professores estaduais do Pará, atualmente, é de R$ 2.025,14. A Lei 5.810/94 assegura que a categoria tenha direito a 80% de Gratificação de Nível Superior (GNS).

Porém, a Procuradoria Geral do Estado do Pará (PGE), apresentou sua defesa ao mandado de segurança dos professores, requerendo ao Tribunal de Justiça, que considere a GNS como valor de vencimento-base, ou seja, o governador Helder Barbalho (MDB) alega ao judiciário, que o Estado já paga o piso nacional aos professores, pois a gratificação, segundo a PGE, somada ao vencimento-base está acima do valor do piso nacional, que desde janeiro deste ano é de R$ 2,557,74.

Hoje, finalmente, será julgada a ação.

A expectativa é de um resultado favorável para os professores estaduais, segundo o coordenador do Sintepp, Beto Andrade:

“Nós fizemos iniciativas e pressão ao Governo do Estado e hoje vamos saber se o governador cumprirá ou não com aquilo que assumiu como compromisso de campanha, de cumprir e reconhecer o piso para a nossa categoria como direito”, disse.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *