Hiroshi Bogéa On line

PF prende ex-senador Luiz Otávio Campos sob suspeita de Caixa 2

O desencadeamento da chamada Operação  “Fora do Caixa” , levada a cabo pela Polícia Federal em três cidades brasileiras, culminou com a prisão do ex-senador Luiz Otávio Campos.

A operação ocorreu simultaneamente em Belém, Palmas (TO) e Brasília.

São cumprimentos de seis mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária.

A prisão temporária ocorreu  no Pará, com o recolhimento do político.

A investigação teve início a partir da colaboração premiada feita por executivos da empresa Odebrecht, os quais relataram o pagamento de R$ 1,5 milhão.

O ex-Senador da República está sendo acusado de intermediar caixa 2 durante a eleição de 2014.

Os crimes sob investigação são de falsidade ideológica eleitoral (Caixa 2), formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

A investigação iniciou perante o Supremo Tribunal Federal, entretanto houve declínio de competência para Justiça Eleitoral em Belém, a partir da confirmação do entendimento sobre a competência da Justiça Eleitoral para processar e julgar crimes comuns em conexão com crimes eleitorais.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Eleitoral em Belém.

O nome da operação faz referência ao recebimento de recursos eleitorais não contabilizados.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *