Hiroshi Bogéa On line

Pedido de retirada do blog do ar “bomba” na Internet

 

 

Twitter e  Facebook estão cuidando de dar visibilidade à representação do candidato Tião Miranda que pede a retirada do blog do ar.

Em menos de 24 horas, mais de 3 mil compartilhamentos  já foram registrados nas duas redes sociais noticiando o fato, com o repiquete de críticas ao candidato da Coligação autora da Representação.

Wilson Rebelo, um dos mais inteligentes blogueiros do Pará.  sediado em nossa terrinha, claro -,  meteu a colher na panela, dando o seu recadinho.

Um dos trechos do post que trata do assunto –  só para aguçar o paladar:  :

 

 

Pergunto então, que tipo de prefeito seria Tião, caso eleito? Sendo ainda candidato, quer tirar blog do ar por conta de uma carta. O que faria então aos desavisados que ousassem criticar sua eventual gestão?

Alguém precisa informar ao candidato de Jatene que não é assim que toca a banda. Bonito seria Tião gastar um pouco de seu vasto conhecimento para refutar, com argumentos e fatos, as críticas que recebeu. Duvido que Hiroshi Bogéa lhe cerceasse o direito de replicar. Estaríamos diante do delicioso exercício do debate franco de ideias e visões de mundo, algo enriquecedor para todos.

Ao contrário, a posição de Tião ao exigir que o blog seja retirado do ar deixa claro um viés preocupante. O candidato surge como alguém com elevada sensibilidade à crítica e sem disposição ao diálogo, avesso à interlocução. E isso não é bom.
Prefeito é aquele que quer cuidar de gente, aquele que se mostra capaz de construir consensos e que não investe na geração de conflitos. É perigoso confundir autoridade, algo bom e necessário, com autoritarismo. Ao homem público não é dado o direito de sentir-se uma estátua, porque, como disse Gorender, “estátuas são, a rigor, irretocáveis”. Tolerar e interiorizar as críticas são posturas mais que necessárias, exigíveis de quem pretende representar uma coletividade, em especial, uma tão complexa quanto esta que conforma Marabá.

Para encerrar, lembro aqui trecho de um voto proferido pelo Ministro Menezes Direito, na Suprema Corte. Disse Sua Excelência ao defender a Liberdade de Expressão que “o preço do silêncio para a saúde institucional dos povos é muito mais alto do que o preço da livre circulação de ideias”.  Que este siga sendo o lema deste País!

Daqui deste bloguinho, a solidariedade ao confrade Hiroshi Bogéa.

 

 

Mas para ler o texto completo de Wilson Rebelo,  melhor dar uma espiadinha lá no próprio blog do  excelente profissional, o  Contraponto., com agradecimento ao apoio do Rebelo.

Post de 

18 Comentários

  1. Anônimo

    29 de agosto de 2012 - 20:14 - 20:14
    Reply

    Todas as ruas pavimentadas pela gestão do Tião,foram feitas sem drenagem ele deveria era pagar o prejuízo que ele causou ao povo de Marabá.vá na laranjeiras,liberdade , BH,NH enfim enganou o povo desavisado de nossa terra.

  2. Anônimo

    27 de agosto de 2012 - 23:00 - 23:00
    Reply

    As ruas, pavimentadas com esgoto a Céu aberto,trabalho de Tião ou já esqueceram.

  3. Anônimo

    27 de agosto de 2012 - 21:20 - 21:20
    Reply

    Num créditu!
    tão defendendo ainda o omi? ce ele deixou pro outro equipar agora vai ficar pro fazer funcionar num é mermo?
    Tomem jeito e aguardem para ver o resultado das urnas ai sim poderemos dizer se os que tão ai são os que deveriam estar, nós só saberemos no decorrer da carruagem.
    aguardem…

  4. Mestre Chico Barão

    27 de agosto de 2012 - 20:27 - 20:27
    Reply

    NO TEMPO DOS GRANDES CASTANHAIS

    Quando alguém recebe um nome de batismo e é por ele conhecido nada de especial é ou fez para ser rebatizado!

    Quando existe tal mudança ela acontece por ato, maneira de ser ou aparência, seguindo esta linha de raciocínio, eu pergunto o nome Tião lembra o que?

    Será que ele recebeu essa alcunha pela aparência ou por seus atos?

    Já que chegamos ao ponto de sabermos a espécie e da subdivisão que tal descobrirmos o tipo?

    Porem eu acho que ate isso já sabemos basta raciocinar um pouco pois não é o capelão que é conhecido exatamente porque se comunica abafando com sua voz a comunicação dos outros!

    Fica fácil quando o próprio nos da a pista!

    Lembro que na época dos castanhais existia um canção cantada quando a castanha era recolhida que era assim.

    Na cidade tem uma velha
    Chamada firinfinfelha
    Que tem um rico castanhal
    No fundo de seu quintal
    Mas a velha coitada
    Pouca castanha colhia
    Porque o Tião espreitava
    E levava as que caia!

    Como tal tentativa foi de calar quem apenas comunica o feito de outro, imaginando com isso poder subjugar pela força jurídica divulgação de um conceito, espero que exista consciência na hora de votarem evitando aceitar ter seu galho quebrado em troca de voto em mera retribuição de favor.

    Eu me contento em fazer apenas uma pergunta:

    Será que o povo Marabaense merece novamente ser conhecido como índios governados por um Tião?

    MCB

  5. Gladiador

    27 de agosto de 2012 - 01:35 - 1:35
    Reply

    Será pq agora o Presidente da SINTEPP é responsável por mudar totalmente a campanha por causa de sua análise da Educação? O CORONEL TIÃO MIRANDA é dono de quase todosos canais de televisão e joga todos os dias todo tipo de esgoto dentro de nossas casas , noticias manipuladas, eleitoreiras, tendenciosas e quer tirar o blog? Será se ele pensa que pode barrar a net? Oh, CORONEL TIÃO! Fecha este blog que a gente abre centenas, usaremos o facebook, orkut e etc…
    Não conheço o Presidente da SINTEPP, mas gostaria de dizer para vc que concordo e muito com seu comentário e diria que ele é uma carta aberta para analisarmos o que realmente os educadores passaram na mão deste tirano.
    VIVA A DEMOCRACIA E A LIBERDADE!

  6. ánonimo

    26 de agosto de 2012 - 16:40 - 16:40
    Reply

    Enquanto isso Maurino vai fazendo a sua campanha na caladinha é bom não despresar derrepente ele ressugi esculta o q to dizendo…..

  7. Anonimo

    26 de agosto de 2012 - 11:06 - 11:06
    Reply

    Realmente todos tem o direito de dizer o que pensam, mas não se pode tentar influenciar os outros com suas opiniões, como esse dirigente do Sintepp. Agora o candidato a prefeito deve aceitar todas as criticas tambem, afinal vivemos em um país onde a liberdade de expressão é garantida por lei. Tambem querer falar que o atual prefeito fez alguma coisa por Marabá, é uma frande falta de visão, pois uma cidade em que o esgoto corre a ceu aberto, a saude está falida, o funcionalismo publico esta com o pagamento atrasado, podemos considerar que ou é mal administrada ou alguma outra coisa acontece, pois acho que recursos devem existir para isso, só não sabemos onde são aplicados.

  8. anonimo

    26 de agosto de 2012 - 11:01 - 11:01
    Reply

    O Tião ta desesperado pois se acha o maximo quando não o e.No alto de sua arrogancia e prepotencia o mesmo não aceita critica pois não tem como se defender.
    Naa sua propagenda na televisão o mesmo diz que vai resolver os problemas da saude em Maraba e quando era prefeito e comprava medicamentos sem licitação o seu secretario de saude (Pedrinho da banda cristal) chegou a ser preso por falta de medicamentos nos postos de saude.
    Tambem o HMI que começou a ser feito na gestão do Dr. Veloso so foi inaugurado nos ultimos meses de seu mandato e mesmo assim so foi inaugurado o predio pois equipamentos para funcionar o hospital o mesmo deixou para o prefeito Maurino.

  9. anonimo

    25 de agosto de 2012 - 23:42 - 23:42
    Reply

    isso é só o começo…. não se preocupe o povo quer um dos dois arrogantes pra ser prefeito!!!! rssss
    vamos voltar a Ditadura que é isso que o POVO Gosta!!! oh deliciaa…

  10. Anônimo

    25 de agosto de 2012 - 17:40 - 17:40
    Reply

    Não sei porque tanto barulho por uma notícia que foi colocada em Justiça. Caberá ao judiciário decidir se o blog exagerou de seus direitos, ultrapassando os limites democráticos ou se a ação não passa de algo infundado.
    Hiroshi, não é só vc que tem o direito de reclamar. Es o primeiro a indagar qualquer tipo de situação regional aqui, levando sempre a sua opinião aos seus leitores, opiniões essas as vezes parcias. Agora é aquela história, todo bônus tem um ônus! Caberá a justiça julgar. Pare com essa vitimização barata.

  11. Anônimo

    25 de agosto de 2012 - 17:31 - 17:31
    Reply

    Floriano, você escreve muito bem, chegou até me seduzir com suas palavras e histórias. Agora, quero ver vc seduzir os funcionários públicos que estão a meses sem receber, quero ver vc seduzir os moradores que não suportam mais suas ruas cheias de lixo, os fornecedores que estão desacreditados com o governo municipal … Vai dizer que é um homem que mal consegue administrar uma empresa jornalistica e que tem uma credibilidade duvidosa na praça que vai salvar Marabá? Acho que não, em.
    Admiro a luta de João Salame por nosso tão aspirado Estado de Carajás, por mais que eu acredite que ele se aproveitou da luta para alavancar sua carreira política, deixando de lado os interesses políticos carajaenses, eu o admiro. Mas quando o negocio é o executivo de nossa cidade eu não o acho capaz.

  12. Franssinete Florenzano

    25 de agosto de 2012 - 15:09 - 15:09
    Reply

    Meu caro Hiro, aceite minha total solidariedade e apoio contra tal investida antidemocrática. Publiquei em meu blog, no meu mural do Facebook e no twitter meu repúdio a essa execrável ação do deputado estadual e candidato a prefeito Tião Miranda, que deveria ser afeito ao debate e ao pleno exercício da cidadania. Grande abraço e conte comigo!

  13. Daniel Mansur

    25 de agosto de 2012 - 14:59 - 14:59
    Reply

    Passeando pelo suldeste do Pará, mais precisamente na BR 222 ( antiga PA 70 ) da para observar nos municipios um cenario politico morno, para não falar logo frio. Com exceção de Rondon do Pará e Dom Eliseu.

    Em Dom Eliseu a disputa eleitoral fica somente no ambito politico, com reuniões, caminhadas, visitas as familias. Uma disputa bem polarizada entre os dois candidatos a Prefeitura, que são o atual prefeito Joaquim ( PMDB ) e Gaston ( PT ), da até mesmo para observar o destaque de alguns candidatos a vereadores, candidatos esses que tem seus trabalhos destacados pelos seus apoios politicos, suporte financeiro ou mesmo apoio de um segmento da sociedade. Cito aqui os candidatos a vereadores que não estam brincando, vereadora Cinelia( PMDB ) conta com apoio do prefeito Joaquim e das deputadas Simone Morgado e Elcione Barbalho, Robson Oliveira( PSC ) tem apoio do segmento evangelico, Genilson(DEM) tem o apoio do deputado Marcio Miranda. Esses 3 candidatos com ações em todo municipio.

    Já em Rondon do Pará o clima é totalmente diferente, um clima tenso, pesado, onde fica dificil identificar quem é quem, na disputa esta os nomes do ex-prefeito Edilson Oliveira(PMDB), da atual prefeita Cristina Malcher(PSDB) e do comerciante e produtor rural Elias Ferraz(PP). O cenario politico de Rondon do Pará parece com o da mini-serie Gabriela, com coroneis de barranco, parece mesmo um cangaço, dizem em Rondon que são custumes tragos do Espirito Santo-ES. Uma coisa é certa, estamos em 2012, a politica do medo, da intimidação ficou para traz, na cabe mais.

  14. Flávio Sacramento

    25 de agosto de 2012 - 11:53 - 11:53
    Reply

    JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL / PA
    A V IS O
    Em cumprimento ao que dispõe o art. 33o e seus §§ 1o e 2o da Lei no 9.504/97, assim como o art. 7o da Resolução TSE no 23.364/2011, comunicamos, para ciência dos interessados, que a empresa IBOPE INTELIGÊNCIA PESQUISA E CONSULTORIA LTDA. encaminhou à Justiça Eleitoral os dados referentes à pesquisa eleitoral das eleições Eleições Municipais 2012, protocolizada sob o no PA-00059/2012, contratada por SACRAMENTO E CIA LTDA, Av. Cristo Rei, 09, CEP 68515-000 Parauapebas / PA, CNPJ 02.466.879-0001/97. e registrada no sistema de registro de pesquisas eleitorais em 24/08/2012.
    Aviso gerado às 19:06:19 de 24/08/2012.
    Resolução-TSE no 23.364/2011:
    “Art. 7o Efetivado o registro, será emitido recibo eletrônico que conterá: I – resumo das informações;
    II – número de identificação da pesquisa.
    (…)
    Art. 10. As informações e os dados registrados no sistema ficarão à disposição de qualquer interessado, pelo prazo de 30 dias, nos sítios dos Tribunais Eleitorais (Lei no 9.504/97, art. 33, § 2o).”
    A autenticidade deste aviso poderá ser confirmada na página do Tribunal Superior Eleitoral na Internet, no endereço http://www.tse.jus.br, por meio do código FD6D.6055.F4BC.5338.

  15. anonimo

    25 de agosto de 2012 - 09:42 - 9:42
    Reply

    Tião deu um tiro no pe.

  16. Evandro Corrêa

    24 de agosto de 2012 - 23:17 - 23:17
    Reply

    É companheiro também recebi a poucos minutos uma notícia que foi solicitado à Justiça Eleitoral, da 84a Zona Eleitoral, a retirada do Blog do Evandro Corrêa do ar. Estamos juntos nessa. No meu caso o mais grave é que o Requerente é nada mais nada menos que o representante do Ministério Público do Estado. É parece que em época de eleição, em municípios onde os poderosos já tinham a eleição como certa, o Sindicato dos Jornalistas terá muito trabalho pela frente. O que anima a boa briga é o envolvimento da sociedade que não aceita mais a ditadura, a censura, o cala-boca, evitando o bom debate. Convido os candidatos de Ulianópolis, de Marabá e de outros municípios onde esse tipo de postura ainda é presente para acessar a blogsfera e discutir com os blogueiros sobre Políticas Públicas, Diretos Constitucionais, Justiça Social, Transparência e Liberdade. Será que eles topam o desafio????

  17. Zeca

    24 de agosto de 2012 - 20:30 - 20:30
    Reply

    O Pará parece ser um terreno muito fértil para produzir tiranetes autoritários como o Tião Miranda, que não admite que reles cidadãos em vez de lhe beijar as botas se atreva a lhe tecer críticas.

    Em Tucuruí não é diferente, o prefeito autoritário e ditador, trata as críticas a sua administração e a sua atuação política como caso de polícia e de justiça. A perseguição aos blogs em Tucuruí através de processos judiciais chega às raias da loucura.

    Os críticos do prefeito de Tucuruí são perseguidos e processados, quando não, são chamados a se explicar na delegacia de polícia da cidade.

  18. Floriano Santos

    24 de agosto de 2012 - 20:07 - 20:07
    Reply

    Dos mais íntimos, Tião Miranda recebeu o codinome de “Mandacaru”, uma correta comparação com a planta do agreste, que não dá sombra, porque não tem folhas, nem alguém pode nela encostar, porque é cheia de espinhos.
    Extremamente centralizador e autoritário, ele mantém os seus aliados a pão e água, o suficiente para sobreviverem e não se esquecerem do responsável pela sua sobrevivência. É certo que há aliados que recebem mais que pão e água, mas, para isso, é necessário ter um cargos importantes e terem demonstrado, mais de uma vez, que são capazes de morrer pelo pai-patrão.
    Como todo autoritário e centralizador, TM não cria condições para a formação de novas lideranças, porque só ele é capaz de conduzir ao sucesso o seu personalíssimo projeto. Ele foi o grande culpado pela derrota de João Salame nas eleições municipais passadas, ao custar a definir o nome que apoiaria, uma vez que detinha alto índice de popularidade. Caso semelhante, Lula, desde cedo, criou condições para Dilma se eleger, logo ela, uma desconhecida. João Salame não era desconhecido, a um deputado de primeiro mandato, mais de ótimo desempenho.
    TM acredita que administrar é fazer asfaltamento em vias de fácil visibilidade e péssima qualidade, apenas no Zona Rural. Ao Longo de doze anos na Prefeitura, ele não foi capaz de implantar nenhuma política pública nas áreas mais sensíveis do município. Para ele, governar bem é gastar o dinheiro em obras Qu empossam ser vistas e nem sempre úteis. Faz questão de acompanhar as obras, seguido por um cinegrafista, para aparentar que entende de obras. Com relação às obras, ele se iguala a Maurino, pois os dois tiveram a mesma equipe e, ao que sabemos, fizeram o mesmo volume, só que Maurino em apenas três anos e meio.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *