Hiroshi Bogéa On line

PC aprofunda investigações para saber se professor estuprou mais alunas do que as anunciadas até agora

 

A Polícia Civil está aprofundando investigações sobre a possibilidade do professor da rede municipal de ensino de Marabá, Marcos Vinícius da Costa Araújo, ter estuprado mais alunas do que as até agora conhecidas.

Ele foi preso nesta terça-feira, 17, acusado de estuprar oito alunas, com idades entre 8 e 9 anos.

De acordo com a PC, ele utilizou sua função para cometer os abusos contra as alunas.

A investigação contou com o apoio de uma psicóloga da Fundação ParáPaz, que realizou intenso trabalho de escuta especializada e tratamento psicológico com todas as menores vítimas do professor.

Segundo os policiais civis, as investigações continuam com o objetivo de encontrar outras vítimas e demais elementos probatórios no material apreendido na residência do acusado.

O professor foi afastado das funções preventivamente há cerca de um mês em função das investigações.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *